Escola Municipal Cleonice Lopes é premiada entre as dez melhores escolas da Bahia no projeto Energia que Transforma

  • Dircom

    Muita energia e alegria tomou conta da Escola Municipal Cleonice Lopes nessa manhã de segunda-feira (5) com a visita da equipe de assessoria de imprensa da Coelba, que registrou o projeto “Energia que Transforma”, desenvolvido pelos alunos do 5º ano A, do matutino e 5º ano D, do vespertino.

    Orgulhosos, os 53 alunos que participaram das atividades, construíram protótipos, maquetes, cartazes com gravuras e reconto de livro, demonstrando a utilização correta, consciência de uso eficiente e preservação ambiental. Coordenados pela professora Aristela Souza Oliveira, durante três meses, eles aprenderam em sala de aula a metodologia teórica e prática sobre recursos energéticos, hidrelétricas, energia eólica, solar e termoelétrica, além de contos didáticos sobre a importância de usar e economizar energia elétrica.

    A professora Aristela contou que o projeto foi incentivado com a capacitação dos educadores promovido pela Coelba e Fundação Roberto Marinho em parceria com o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel, Eletrobrás e Ministério de Minas e Energia. Logo após, a Escola Municipal Cleonice Lopes foi inscrita no projeto “Energia que Transforma”, e posteriormente escolhida como uma das dez melhores na Bahia.

    “Com a capacitação, planejamos uma sequência didática com os alunos do vespertino e matutino, e todos os dias trabalhamos temas relacionados à energia. Foi um trabalho interdisciplinar, em que sentimos o resultado positivo, todos participaram e agora com essa premiação, todos estão mais incentivados, sem contar que muitos pais já agradecem porque passaram a economizar muito na conta de luz”, disse a professora Auristela.

    O objetivo do projeto Energia que Transforma também é conscientizar as famílias e a comunidade. A aluna Vitória Matos de 11 anos, disse que depois do projeto, passou a desligar os aparelhos e evitar abrir a geladeira.

    “Antes de conhecer como a energia elétrica chegava até a minha casa e também a importância de economizar, eu e minha família usávamos muito a energia. Mas agora, conversei com meus pais e irmãos e estamos evitando abrir a geladeira toda hora, desligando a TV para dormir e não deixamos mais o celular carregando durante a noite”, contou Vitória.

    Danilo dos Santos Souza, 11 anos, disse que o mais importante foi conhecer a energia eólica e como funciona cada forma de corrente elétrica, além da preservação do meio ambiente e sustentabilidade. “Eu fiquei muito feliz de participar, de ler sobre a energia e como tudo é formado até a hora que acendemos a lâmpada. Queria conhecer um aerogerador e moinhos de ventos, porque a energia eólica é muito interessante. Também aprendi que devemos economizar para não precisar prejudicar a natureza para produzir energia”, disse Danilo.

    A equipe da Coelba fez fotografias das exposições e dos alunos, serão publicadas no anuário “Energia para Educar” que divulgará os melhores projetos de 2018 no estado da Bahia. Segundo informações da assessoria de imprensa da Coelba, o material didático será doado às escolas e ficará à disposição nas bibliotecas e instituições.


    • Compartilhe:

    Comentários: