20º
36º
Predomínio de Sol

Escolas Municipais de Barreiras atendem mais de 400 alunos em salas multifuncionais

  • Dircom

    Em respeito ao direito à inclusão de todos os estudantes em suas especificidades, a Prefeitura de Barreiras vem investindo na qualidade das salas de recursos multifuncionais das escolas municipais. Atualmente, 38 salas e 40 educadores estão disponíveis ao Atendimento Educacional Especializado – AEE de mais de 400 alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento.

    “A Prefeitura vem executando um grande projeto de mudança da educação no município, por meio do Programa Educa Barreiras. Além de investir na estrutura física das escolas, adotamos instrumentos eficientes na melhoria da qualidade do ensino oferecido, isso inclui livros didáticos de primeira linha, estruturação das salas de recursos e capacitações”, disse a secretária de educação Cátia Alencar.

    Durante a terça e quarta-feira, 17 e 18 de abril, a Secretaria Municipal de Educação reuniu os educadores, no auditório da Unicesumar, com o objetivo de aprimorar o debate e as práticas no âmbito da educação inclusiva. “A inclusão na perspectiva da diferença” foi o tema tratado na capacitação ministrada pela doutoranda da Unicamp, Lilia Maria Barreto, e a especialista em AEE, Eliene Fernandes.

    Segundo Lilia Barreto, é importante que a metodologia vá além dos aspectos técnicos, cada aluno tem sua individualidade e isso precisa ser levado em consideração durante o atendimento especializado. “Dentro da escola, a gente como professor de AEE identifica, elabora e define estratégias, mas no final quando realizamos o estudo de cada caso, quem vai nos dizer o que de fato precisa são os próprios estudantes”, disse a doutoranda da Universidade Estadual de Campinas.

    Em face da necessidade do diálogo permanente sobre a inclusão social e educacional, a Secretaria Municipal de Educação está dando atenção especial ao tema, por meio de um departamento específico.

    “A inclusão escolar requer de nós professores da Sala de Recursos Multifuncionais atualização constante diante dos desafios que surgem todos os dias. Nesse sentido, a Subdiretoria de Acessibilidade e Inclusão busca proporcionar momentos como esse de estudo, discussão e troca de experiências aos professores do AEE, que desenvolvem um papel primordial para a inclusão de fato e de direito”, afirmou Eliene Fernandes, especialista em Atendimento Educacional Especializado.


    • Compartilhe:

    Comentários: