17º
32º
Predomínio de Sol

Governo transparente: professores conhecem realidade financeira da Educação de Formosa

  • Almerice Rodrigues
    Em atendimento à solicitação da APLB-Sindicato, o prefeito Termosires Neto e equipe técnica da prefeitura apresentaram para os professores da rede pública de ensino de Formosa do Rio Preto um balanço da situação financeira do município e ações da gestão.
    “Honramos o nosso compromisso com a categoria de estudar e propor as melhorias de acordo com a viabilidade econômica. Investimos alto na Educação, em 2017 foram mais de 35% dos recursos livres destinados para essa área”, explica Termosires.
    Segundo a presidente da APLB, Janete Bispo, a luta do sindicato acontece desde 2008 e agora há mais diálogo com o gestor, em outros tempos era necessária manifestação na rua até para conseguir uma simples reunião. “Sabemos, e mostramos isso a todos os prefeitos anteriores, que o problema em Formosa é o número alto de professores, situação agravada pelo concurso de 2010”, ressalta Janete.
    Folha de professores elevada
    Atualmente, o recurso do Fundeb é insuficiente para custear a Educação de Formosa, motivo pelo qual em 2017 foram destinados mais de 35% da receita própria do município para a área. Situação que dificulta, no presente momento, a revogação do Decreto 298/2013, que reduziu os valores recebidos pela categoria, anteriormente. São 396 professores efetivos, dos quais 54 são enquadrados com 40 horas e ainda é necessário mais de 80 adicionais para atender todas as turmas nas mais de 50 escolas do município, o maior em extensão territorial da Bahia.
    Esforço para corrigir injustiças
    Por outro lado, a reformulação do plano de cargos e salários do magistério já está sendo feita pela administração, APLB e Rede PCR, em conjunto. Além de outras medidas para garantir a correção de injustiças salariais oriundas de gestões passadas.
    “A administração municipal está ajustando as contas e equilibrando as finanças. Vamos adequar e preparar as bases para que a categoria seja fortalecida e nossos direitos assegurados”, destaca a secretária de Educação Luzinete Oliveira.
    Também participaram da reunião o secretário de Administração, Planejamento e Finanças, Sílvio Buarque, e o controlador do município, Edvaldo Bezerra.


    • Compartilhe:

    Comentários: