Câmara aprova novas regras de parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas

  • Foto Agência Brasil

    Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
    PLP 171/2015 foi aprovado na Câmara dos Deputados e contou com forte articulação política do Sebrae nos estados. Projeto segue para o Senado
    Por 332 votos a 1, o PLP 171/2015 foi aprovado na Câmara dos Deputados, na tarde desta quarta-feira, 6. O projeto de lei propõe o parcelamento das dívidas tributárias das empresas optantes pelo Simples Nacional em até 180 meses e é considerada uma das principais medidas para apoiar as micro e pequenas empresas que não puderam ser contempladas na MP 783/2017, o chamado Novo Refis.
    Para a aprovação do projeto de lei, houve uma grande mobilização por parte do Sebrae em todos os estados, que buscou uma articulação junto ao legislativo para incluir as micro e pequenas empresas no programa de refinanciamento. O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, enviou aos 39 deputados da bancada baiana uma carta, destacando a importância da aprovação do projeto, que agora segue para o Senado e, se aprovado, segue para a sanção do presidente Michel Temer.
    Khoury pontuou que, com os impactos da crise econômica prolongada, as micro e pequenas empresas acumularam dívidas e precisam de um programa de parcelamento que garanta redução de juros e multas, em parcelas que possibilitem a manutenção de suas atividades e os milhões de empregos gerados por esses empreendimentos em todo o Brasil.


    • Compartilhe:

    Comentários: