20º
34º
Predomínio de Sol

Em entrevista exclusiva, prefeito Zé Carlos faz balanço positivo do seu primeiro ano de mandato

  • Continuar a investir para um município melhor é a principal meta do atual prefeito de São Desidério

    Prefeito Zé Carlos concede entrevista exclusiva ao Gazeta do Oeste FOTO Cheilla Gobi

    Cheilla Gobi

    Um ano se passou desde que o empresário José Carlos de Carvalho (Zé Carlos) aceitou o desafio e se elegeu prefeito do município de São Desidério. O chefe do executivo municipal chega ao final do primeiro ano de seu mandato dizendo estar satisfeito com o trabalho prestado à sociedade até agora e com o desejo de fazer ainda mais.

    São Desidério tem 100% das ruas do Centro da cidade asfaltadas 

    O prefeito concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal Gazeta do Oeste e garantiu que vem preparando seu governo com a promessa de fazer muito mais. Para isso, ele teve quer reduzir os gastos da Prefeitura, fazer reformas administrativas e atuar da zona rural para a sede do município, com o objetivo de fazer uma cidade mais equilibrada.

    “Recebemos a prefeitura dentro de circunstâncias não favoráveis, sendo a primeira delas, a crise financeira generalizada em todo o país e em segundo, – as condições em que recebemos o nosso município. Deparamo-nos com uma dívida alta com o INSS de em média 16 milhões de reais, fora o parcelamento feito pela gestão anterior. já estamos pagando esse débito deixado, e com muito esforço, conseguimos limpar o nome da Prefeitura de São Desidério”, lembrou o prefeito, informando que a Prefeitura já adquiriu as certidões negativas.

    Zé Carlos disse estar confiante em fazer um governo ainda melhor para os próximos três anos. Ele citou avanços da prefeitura como o equilíbrio das contas públicas, pagamento total das dívidas com fornecedores e melhorais na saúde, infraestrutura e educação.

    “Já é possível dizer que a casa está em ordem. Conseguimos equilibrar as contas da Prefeitura, estamos em dia com os nossos fornecedores, servidores, graças ao compromisso que firmamos com a população. Desde o início implantei a minha forma de gerir, de administrar, e hoje a população já começa a sentir as mudanças e já de deparam com os benefícios e já começam a entender que a política precisa ser dessa forma”, frisou o gestor.

    Na oportunidade, o prefeito de São Desidério pontuou algumas das ações já realizadas e também as ações que pretende executar a partir do próximo ano. O projeto Prefeitura Itinerante é um dos projetos lançados este ano e que de acordo com o prefeito irá permanecer até o final do mandato.

    “Está sendo uma experiência muito boa e nosso intuito é continuar realizando até o fim do mandato. São quatro dias da semana visitando os povoados da zona rural, ouvindo os anseios e expectativas das pessoas. Todos os oito secretários também participam”.

    Saúde

    Atendimento na zona rural FOTO ASCOM

    Segundo conta o prefeito Zé Carlos, muito já foi feito na área da saúde em apenas 11 meses de governo. “O Hospital de São Desidério parecia um ponto de apoio, os pacientes chegavam e logo eram encaminhados para o Hospital do Oeste em Barreiras. Recebemos o laboratório do hospital fechado já está em pleno funcionamento. Todos os postos de saúde da zona rural estão atendendo, e a administração planeja a construção de novos postos de saúde para fechar 100% da atenção básica”, evidencia o gestor.

    Conforme relatos do prefeito, o município hoje conta com 20 especialidades na saúde; já são mais de 300 partos feitos na cidade; quase 200 cirurgias; mais de 60 cirurgias oftalmológicas; mais de 50 mil exames laboratoriais; mais de 40 mil consultas, além de tomografias, ressonâncias.

    Planos

    Na oportunidade, Zé Carlos falou de planos para realizar três grandes obras no município, sendo a pavimentação da estrada de Almas, – 32 km, a construção de um novo hospital, e a obra do saneamento básico, além de outras obras também que o município pretende realizar até o final do mandato. “Já foi feito um projeto arquitetônico para um novo hospital para são Desidério, e acredito que será uma obra em torno de R$ 20 milhões, pois o nosso hospital não atende mais a demanda do município. Já licitamos a empresa para fazer o projeto estrutural, elétrico, hidráulico, bem como a pavimentação da estrada de Almas e a execução da obra do esgotamento sanitário”, afirmou.

    Educação

    Na área da educação, o chefe do executivo de São Desidério contou que, o primeiro passo foi melhorar a estrutura física com intuito de aperfeiçoar as condições de trabalho dos professores e demais colaboradores, bem como as condições de aprendizagem dos alunos. “De 39 escolas no município, reformamos 33, logo no início do mandato. Algumas precisam ser ampliadas, estamos estudando as reais situações”.

    Casas populares FOTO ASCOM


    • Compartilhe:

    Comentários: