18º
31º
Parcialmente Nublado

Morre aos 67 anos o cantor e compositor Zeca Bahia

  • Foto Reprodução

    Jayme Modesto

    O cantor e compositor Zeca Bahia morreu, aos 67 anos, em decorrência de uma falência múltipla dos órgãos, na noite de terça-feira (6), em Bom Jesus da Lapa, Oeste da Bahia.

    Zeca estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, em Bom Jesus da Lapa, desde o dia 29 de janeiro. Ele deu entrada no hospital com quadro de insuficiência renal aguda, e respirava através dos aparelhos.

    José Ramos Santos, nome de batismo de Zeca Bahia, era natural de Bom Jesus da Lapa. Ele foi o autor de várias músicas de sucesso, a exemplo Porto Solidão interpretada por Jessé e Ave Coração, cantada por Fagner e Daniel.

    A música brasileira e oestina perdeu um ícone do cancioneiro romântico. O cantor foi um importante nome da cultura regional, especialmente depois de suas canções  terem sido regravadas por grandes nomes da música brasileira.

    O álbum mais recente do compositor foi O outro lado da moeda, no qual incluiu músicas inéditas e outras consagradas, como Porto solidão, Ave coração, Velho demais e Estrela.

    Em 1980, a música Porto solidão recebeu o prêmio de melhor intérprete no Festival MPB Shell da Rede Globo. Na época, vendeu mais de três milhões de cópias e foi gravada por Altemar Dutra, Daniel, entre outros cem artistas de 43 países diferentes. A música também foi escolhida pela imprensa brasileira como uma das cem mais belas canções do século.

    Ave coração foi gravada por Fagner. No ano de 1979, Zeca Bahia e Clodo Ferreira compuseram a canção Ave coração. Ela foi interpretada pelo cantor cearense Raimundo Fagner e gravada no LP “Beleza”, um dos títulos da vasta discografia de Fagner. Depois foi regravada numa versão em espanhol traduzida pelo escritor Ferreira Gullar.


    • Compartilhe:

    Comentários: