Prefeitos do Oeste assinam termo de adesão ao Programa que leva internet para os municípios

  • Fotos Reprodução

    Cheilla Gobi

    Mais de 2 mil prefeitos e prefeitas compareceram na cerimônia de lançamento  do programa Internet para Todos, para assinar o termo de adesão ao programa que oferecerá conexão à internet com preço reduzido e pretende levar acesso à banda larga para locais remotos sem conectividade. O programa foi lançado nesta segunda-feira, 12/03, em Brasilia, pelo presidente Michel Temer.

    Segundo o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, até esta segunda feira, quase metade dos municípios brasileiros (2.766) cidades concluíram o cadastro na plataforma e foram consideradas aptos para formalizar a adesão ao programa. Na oportunidade, Temer também sancionou o projeto aprovado no Congresso Nacional que libera R$ 2 bilhões para os municípios desenvolverem ações nas áreas de educação, saúde e assistência social.

    Prefeitos do Oeste da Bahia participaram da cerimônia. O prefeito de São Félix do Coribe, no Oeste baiano, Chepa Ribeiro foi um dos gestores presente no evento em Brasília, juntamente com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab e demais prefeitos, para assinar o termo de adesão ao programa “Internet para Todos”.

    Os municípios que entraram na primeira fase do programa devem receber as antenas ainda no mês de maio. O MCTIC prevê a instalação de 200 antenas por dia. “Em nosso município, o programa atenderá primeiramente a zona rural, depois os órgãos públicos, como postinhos, hospital, escolas públicas e outras instituições públicas. E por fim, a internet estará disponível nas praças da cidade”, disse o prefeito.

    Com esse programa de acessibilidade, a comunicação entre a cidade e o campo será mais rápida, principalmente para as questões relacionadas a saúde, educação e segurança pública. Em posse da informação mais rápida, os agentes públicos poderão acionar de forma mais rápida, a ação de campo.


    • Compartilhe:

    Comentários: