Hospital da Mulher desenvolve Projeto Saúde do Colaborador

  • A importância da saúde emocional e física no desempenho diário

    A maioria das pessoas passa boa parte do seu dia no ambiente de trabalho, e o ambiente organizacional reflete diretamente na saúde mental do trabalhador bem como nos resultados das suas ações. Pensando na melhoria desse ambiente e com o objetivo de abordar ações que promovam o bem estar físico e emocional dos servidores e o bom rendimento nas atividades de trabalho, o Hospital da Mulher está desenvolvendo o Projeto Saúde do Colaborador.

    As atividades desenvolvidas de promoção e prevenção da saúde dos servidores incluem o desenvolvimento de programas para alimentação saudável, exercícios físicos regulares, prevenção de doenças físicas e prevenção à saúde emocional.

    O projeto conta com a participação de todos os servidores do Hospital da Mulher. Os profissionais que trabalham no setores do serviço social, recepção, portaria, regulação, internamento, recursos humanos e enfermaria tiveram ao longo da semana orientações sobre posturas laborais, importância do descanso e a interferência da alimentação saudável no seu cotidiano. Na manhã dessa quinta-feira (25) foi a vez da equipe que trabalha nos setores do laboratório, vacina, farmácia e os motoristas participarem de palestra motivacional com a psicóloga da unidade.

    De acordo com a diretora administrativa, a proposta do projeto é proporcionar reuniões mensais com os profissionais de psicologia, fisioterapia e nutrição, na formatação de prevenções e esclarecimentos no que se referem ao cotidiano do servidor.

    “O Projeto Saúde do Colaborador está sendo devolvido justamente para trocar experiências, falar das angústias e expectativas no ambiente de trabalho. Cerca de 180 servidores estão sendo alcançados com abordagens que interferem diretamente em seus cotidianos. Essas propostas são trabalhadas com a psicóloga falando da saúde do servidor, com uma fisioterapeuta mostrando a importância do condicionamento físico e com uma nutricionista que relaciona a educação alimentar antes e no momento do trabalho, inclusive com orientações nutricionais”, destacou Marta Andrade.

    A assistente social, Luzana Araújo, participou desse primeiro momento e acredita que projeto como esse que aborda a saúde do trabalhador é de fundamental relevância tanto para os momentos profissionais como também no dia a dia.

    “Essas atividades são importantíssimas, temos diversos setores que contribuem com o bom funcionamento do Hospital da Mulher e cada um também tem as suas particularidades. Projeto como esse ajuda a reforçar o trabalho em conjunto, bem como a entender a importância de se cuidar para o nosso próprio bem-estar, a exemplo, das atividades laborais, o bom humor e a valorização pessoal e profissional”, disse.


    • Compartilhe:

    Comentários: