Desonestidade e ganância tem nome: donos de postos de combustíveis

Donos de postos desonestos aproveitam a greve dos caminheiros para aumentar lucro elevando os preços dos combustíveis a níveis inaceitáveis

Jayme Modesto

A greve dos caminhoneiros afetou a distribuição de combustíveis para os postos em todo o Brasil, por conta disso vários postos em Barreiras, no Oeste da Bahia, aumentaram o valor dos combustíveis nas bombas, a níveis elevadíssimos, contrariando o que diz oficialmente, o Sindicato do Comércio Varejista e Derivados de Petróleo.

Os exemplos dos aumentos são vários, segundo apurou a reportagem do Jornal Gazeta do Oeste. Ficou provada a forma desonesta e desrespeitosa dos empresários do ramo com os consumidores. Os preços variam de R$ 4,70 a 6,07, uma vergonha para aqueles que cobram mudanças de postura dos governantes.

A pergunta é: Porque o Ministério Público, Procom e demais autoridades ficaram alheios a esse assalto vergonho aos consumidores barreirenses?

A resposta com as autoridades.


Compartilhe:

Comentários: