EXPOAGRO: Efetividade do Policiamento garante diminuição de ocorrências em 50%

Ascom PM

No dia 04 de julho de 2015 foi dado início à 33ª Exposição Agropecuária – Expoagro Barreiras, no Parque de Exposição Engenheiro Geraldo Rocha, dando abertura a nove dias de festa, no período de 04 a 12 de julho. A Polícia Militar da Bahia, através do Comando de Policiamento Regional Oeste (CPRO) esteve presente fazendo segurança 24h durante todo o evento. No período diurno foi realizado o policiamento ostensivo a pé, com o apoio da equipe de motociclistas CETO/ROCAM, que permaneciam no parque até a chegada do efetivo de serviço noturno, para reforçar a segurança da população que visitava o parque.

Foi um trabalho árduo da Polícia Militar para manter a ordem e a segurança durante o evento, e o sucesso do mesmo se deu em virtude do trabalho em equipe em relação à estrutura, logística e ao planejamento do emprego tático do CPRO comandado pelo Cel PM Paulo Salomão, 84ª CIPM comandada pelo Cap PM Gama e 10º BEIC comandado pelo Maj PM Uzêda, bem como dos Policiais Militares que estavam no teatro de operações, juntamente com os Bombeiros Militares, a Guarda Municipal de Barreiras, SAMU e toda a Sociedade.

A novidade em termos de segurança pública foi a apresentação da Base Comunitária de Unidade Móvel utilizada experimentalmente na ExpoAgro, equipamento que será de extrema importância na prevenção à atos delituosos, utilizando tecnologia embarcada, inclusive, com vídeo monitoramento. Foram empregados em torno de 450 policiais militares durante todo o evento, uma média de 50 policiais militares ao dia, e durante os nove dias de festa foram mais de 120 mil visitantes no parque. Destaca-se o baixo número de ocorrências, 32 registradas pela PMBA, uma expressiva diminuição de 50% comparada ao ano de 2014, propiciada com as ações de presença e atuações preventivas por meio de abordagens a transeuntes e veículos, com isso a PMBA conseguiu tirar do circuito do evento uma arma de fogo, fato que não se registrava há mais de dez anos, evitando assim um possível homicídio.

“É a PMBA e a Comunidade, juntos na corrente do bem!”


Compartilhe:

Comentários: