Barreiras está entre as 10 cidades da Bahia com maior número de empreendedores individuais

ASCOM Sebrae Barreiras

Marisa de Souza é paranaense e está morando em Barreiras, Oeste da Bahia, pela segunda vez. Agora já são 11 anos na cidade. Só que desta vez, ela não pensa em deixar Barreiras e sim prosperar. É que há dois anos, ela tem uma loja de moda praia no Centro. Tudo vem dando certo, tanto que Marisa resolveu se formalizar e há um mês é empreendedora individual. “Comecei a pensar em uma segurança para meu futuro, para aposentadoria, também em poder contratar alguém e até ter mais poder de compra e venda, uma vez que agora tenho CNPJ e posso emitir nota fiscal”, comemora Marisa.

Como Marisa, muitos barreirenses entenderam a importância de se formalizar, de ser um empreendedor individual. Segundo dados do Portal do Empreendedor, Barreiras está entre as 10 cidades da Bahia com maior número de empreendedores individuais. A cidade concentra hoje 2.753 empreendedores individuais.

De acordo com dados do Sebrae no Oeste da Bahia, na região, de 2010 até agosto deste ano foram registrados 8.705 empreendedores individuais. Em Luís Eduardo Magalhães, considerada capital no agronegócio na Bahia, foram formalizados 2.663. Proporcionalmente ao número de habitantes, Luís Eduardo tem um dos maiores números de empreendedores formalizados no estado. Só este ano, na região, foram 2.304 novas formalizações, sendo 588 em Barreiras e 740 em Luís Eduardo.

Em todo o estado, esse número ultrapassa os 200 mil. E as três atividades mais registradas na Bahia são comércio varejista de vestuário e acessórios, com mais de 19 mil registros, cabeleireiros, com 12.203, e comércio de mercadorias em geral, com 9.764.

Os benefícios da formalização são: regularização do negócio e alvará emitido pela prefeitura, aquisição de CNPJ; possibilidade de abertura de conta em banco e o acesso a crédito com juros mais baratos; ter endereço fixo para facilitar a conquista de novos clientes; apoio técnico do Sebrae; cobertura da Previdência Social para o empreendedor individual e para a sua família; possibilidade de negociação de preços e condições nas compras de mercadorias para revenda, com prazo junto aos atacadistas e melhor margem de lucro, emissão de nota fiscal para venda para outras empresas ou para o governo e dispensa da formalidade de escrituração fiscal e contábil.

Os documentos necessários para a legalização são: identidade, CPF, comprovante de residência e número do recibo de Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física. Caso o trabalhador não tenha declarado, será solicitado título de eleitor.

O único custo da formalização é o pagamento mensal de R$ 31,10 (INSS), R$ 5,00 (Prestadores de Serviço) e R$ 1,00 (Comércio e Indústria) por meio de carnê emitido exclusivamente no Portal do Empreendedor. O registro é gratuito e pode ser feito pelo Portal do Empreendedor, no endereço eletrônico www.portaldoempreendedor.gov.br.

O empreendedor individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como empresário. Para ser um empreendedor individual, é necessário faturar, no máximo, até R$ 36.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

Para Emerson Cardoso, coordenador da unidade regional do Sebrae no Oeste da Bahia, essa política pública é muito importante para diminuir a informalidade, abrindo uma série de oportunidades para a competitividade dos pequenos negócios, além de assegurar direitos previdenciários aos empreendedores. “Nosso desafio enquanto Sebrae é instrumentalizar esses empreendedores com ferramentas de gestão para que possam ter sucesso na atividade empresarial”.

Dos benefícios elencados para o empreendedor individual, está o apoio técnico do Sebrae. São diversas capacitações oferecidas, como as oficinas SEI (Sebrae Empreendedor Individual). As soluções SEI Empreender, SEI Planejar, SEI Comprar, SEI Vender, SEI Unir Forças para Crescer e SEI Controlar Meu Dinheiro são oficinas voltadas à orientação técnica de como gerir a empresa. Para se inscrever nas oficinas em Barreiras, basta ir até a sede do Sebrae, na Avenida Benedita Silveira, 132, Ed. Portinari, Centro.

A próxima oficina oferecida é a SEI Comprar que acontece no dia 29 de agosto, no auditório do Sebrae, em Barreiras. O curso é gratuito e as inscrições são feitas na sede do Sebrae.

Informações pelo telefone 77-3611-3013.


Compartilhe:

Comentários: