Abapa participa da posse de nova diretoria da Fundação Bahia

Assessoria Abapa

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) participou na última terça-feira, 11, da cerimônia de posse da nova diretoria, biênio 2014/15, da Fundação Bahia, na sede da entidade em Luís Eduardo Magalhães. O evento contou ainda, com a presença de autoridades, produtores rurais, representantes de instituições de ensino e pesquisa, associações,  sindicatos e os colaboradores da instituição.

A nova diretoria foi empossada pelo ex-presidente, Clóvis Ceolin, que fez um balanço de sua gestão. “Estar à frente da Fundação Bahia, nesses dois últimos anos foi uma experiência muito intensa e de muita responsabilidade. Enfrentamos problemas estruturais que foram sanados graças à confiança que o setor produtivo depositou no grupo. Conseguimos avançar no campo da pesquisa e melhoramento genético.

Temos a grata satisfação de conseguir o credenciamento junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com isso, a Fundação é a única entidade no norte e nordeste do país, com esse tipo de credenciamento. Tenho certeza que a entidade está em boas mãos para o próximo biênio”, pontuou Ceolin.

O novo presidente, Ademar Marçal, reconheceu o trabalho realizado pela gestão anterior, e destacou os novos desafios que tem pela frente. “Agora precisamos buscar recursos para realizarmos pesquisas que supram as demandas da região. Investimos pouco em pesquisas, porém, temos aqui grandes instituições e sabemos da necessidade que existe. Estaremos nos empenhando ao máximo para não decepcionar. Contamos com o apoio de toda a classe, uma vez que não se faz nada sozinho”, disse.

O vice-presidente da Associação Brasileira de Produtores de Algodão (Abrapa) e diretor da Abapa, João Carlos Jacobsen, ressaltou a importância desse novo momento. “Acredito que a Fundação Bahia já saiu fortalecida da gestão passada, resolvendo uma série de problemas que existiam, e com certeza, essa gestão elevará a instituição para o patamar que ela merece, trazendo resultados importantes para região em várias áreas, como nas pesquisas e no melhoramento de variedades, enfim, em todas as culturas praticadas na região”, destacou João Carlos, também conselheiro da Fundação Bahia.

Para a presidente da Abapa, que também compõe a nova diretoria como secretária, Isabel da Cunha, a expectativa é a melhor possível. “Conhecemos o trabalho responsável prestado pela gestão anterior, e acreditamos no potencial dessa nova diretoria, que continuará desenvolvendo ações para fomentar a sustentabilidade da cadeia produtiva”, disse Isabel.


Compartilhe:

Comentários: