CRAS de São Desidério realiza primeira cerimônia de troca de faixa

 Mais de vinte e três crianças do projeto Arte em Jogo participaram da primeira cerimônia de troca de faixa realizada no Ginásio de Esportes Professor Almiro Almeida em São Desidério. A modalidade karatê tem por finalidade desenvolver um trabalho socioeducativo e cultural com as crianças incluídas nas atividades do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS. Como resultado desse trabalho o projeto foi apresentado no último sábado, 01, com a presença dos alunos participantes do projeto, pais e a comunidade local.

O exame foi avaliado pelo Sensei Gel Baiano – Faixa Preta 2º DAM, professor de karatê do projeto Arte em Jogo e pelo professor Fernandes Ribeiro Faixa Preta 5º DAM, Presidente da Federação Baiana de Karatê. “O karatê para essas crianças é importante no desenvolvimento e crescimento até mesmo na coordenação motora, saúde e disciplina. A palavra karatê significa caminho das mãos vazias, então é uma luta sem arma, ou seja, você enfrenta o oponente sem arma, hoje, os alunos com idade de dez anos receberão a faixa azul, acima dessa idade recebem a faixa amarela. karatê é esporte é cultura”. Diz o professor do projeto Arte em Jogo, Gel Baiano.

“Esse projeto é de suma importância porque a educação faz parte da vida de cada aluno e o esporte tem que está inserido, temos aqui o karatê que é uma arte que muitos desconhecem, mas atualmente a prática do karatê fez com que transformasse a criança em cidadão do bem. Vai trazer para essas crianças uma visão melhor e ampla. O karatê é mais que uma arte é uma filosofia de vida”. Assegura o professor e Presidente da Federação Baiana de Karatê, Fernandes Ribeiro.

Para a assistente social Renata Cibely, o projeto Arte em Jogo vem desenvolvendo um trabalho socioeducativo e cultural com as crianças. “A participação dessas crianças caracteriza a formatura que elas fizeram da troca de faixa porque complementa mais uma etapa do projeto, daqui pra frente elas vão seguir uma nova aprendizagem,” diz. Para a secretária de educação que também participou do evento, fala da importância do esporte para a criança. “Esse é um momento impar para essas crianças, o karatê além de esporte também é uma arte, enquanto isso contribui maciçamente para formação do individuo, desenvolvimento, habilidades físicas e intelectuais”. Afirma a secretária.

O pai dos alunos Paulo Henrique e Júlio Cesar, José Rodrigues de Souza, declara a importância do karatê. “Quando eles começaram a participar do karatê, mudaram totalmente o comportamento, disciplina e cuidados com as coisas, é um esporte muito significativo”. Já para seu filho Júlio Cesar que faz parte do projeto, afirma “O karatê é muito bom porque ensina a gente muita coisa”.

Texto: Diego Souza
Fotos: Rodney Martins


Compartilhe:

Comentários: