Baianópolis: homem é preso por incendiar pastagens e ameaçar proprietários em Cristópolis

Portal Oeste10.com

Foto ilustração

No fim da tarde desta segunda-feira, 12, policiais civis e militares da cidade de Baianópolis conduziram até a Delegacia de Cristópolis, Elizaldo Souza de Macêdo, 23 anos, acusado de incendiar cerca de dez propriedades rurais e ameaçar proprietários e familiares.

O incêndio, segundo depoimentos prestados à polícia, começou no início da tarde de hoje, entre as comunidades de Mata do Cedro e Gameleira. Os depoentes afirmaram também que, naquele momento, o acusado foi visto por populares em estado de fúria, com pedras nas mãos, dizendo que iria incendiar as pastagens e abusar sexualmente de uma vizinha.

Dezenas de moradores da área tentaram controlar o fogo. Em algumas propriedades a queimada foi contida, mas as chamas se alastraram rapidamente em uma das direções, atingindo outras fazendas.

Ainda de acordo com as testemunhas, após o fato, Elizaldo fugiu para a cidade de Baianópolis, a 15 quilômetros de Cristópolis. Na cidade vizinha, ele foi ao mercado municipal, tomou banho, trocou de roupas com o intuito de não ser reconhecido. Mas a polícia local já estava informada dos acontecimentos.

Durante a abordagem policial, Elizaldo desferiu golpes contra o agente que lhe deu voz de prisão, mas foi contido, preso e levado para Cristópolis. “Durante a abordagem ele reagiu com muita agressividade. Precisei de ajuda para contê-lo. A Polícia Militar trabalhou em conjunto conosco nesta ocorrência”, ressaltou o agente Osvaldo.

Elizaldo já tem passagem pela delegacia de Cristópolis. Ele está à disposição da justiça, sob a custódia da Polícia Civil.


Compartilhe:

Comentários: