Câmara aprova reformas no Regimento Interno e Lei Orgânica do Município

Ascom

tee

Nesta terça-feira (29/04), na primeira sessão da semana, os vereadores debateram vários assuntos de interesse da comunidade, a exemplo do projeto de lei que institui o conselho municipal antidrogas, alvos dos discursos dos vereadores Gilson Rodrigues (PROS) e Eurico Queiroz (PPS). Os vereadores pediram celeridade na tramitação do projeto, por entender que o mesmo é de grande relevância social.

A vereadora Marileide Carvalho (PSL), afirmou em seu pronunciamento, que esta terça-feira ficará marcada positivamente na história do Legislativo do município, pela convergência de opinião dos vereadores na propositura das emendas que certamente resultará em um importante aperfeiçoamento do Regimento Interno da Casa e da Lei Orgânica do Município.

Dentre outros, a vereadora Karlúcia Macêdo (PMDB), destacou a importância do Movimento Salve Barreiras, lançado na última quarta-feira em reunião no auditório da CDL, com dois projetos iniciais, o projeto que versa sobre Adoção de Espaços Públicos e o Cidade Colorida.

Na ordem do dia, figurando como principais matérias da noite foram aprovadas à unanimidade as emendas ao Regimento Interno e a Lei Orgânica do Município, essa última em primeiro turno de votação. Vários vereadores se manifestaram, elogiando a forma democrática como a mesa conduziu os trabalhos e destacando a colaboração da maioria dos camaristas na propositura de emendas.

Esta noite avançamos de forma exitosa, no aperfeiçoamento da Lei Orgânica do Município, bem como do nosso Regimento Interno, vale destacar que nosso regimento estava voltado para uma Câmara composta de 11 vereadores, nossa realidade atual é de 19 vereadores, por isso adequações e aperfeiçoamentos precisavam ser feitos. Agradeço a compreensão dos colegas vereadores neste sentido, bem como a inestimável colaboração dos nossos servidores, que possibilitou estes avanços”. Afirmou o presidente vereador Tito.


Compartilhe:

Comentários: