CESB anuncia abertura das inscrições do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja Safra 2013/2014

Criação de meta visa estimular sojicultores a desenvolverem novas técnicas e

práticas para aumentar a produtividade da soja no Brasil

Para participar da competição, produtores e técnicos devem realizar a inscrição no site www.cesbrasil.org.br

São Paulo, 16 de agosto de 2013 – Pela primeira vez, o Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) anuncia a abertura das inscrições do Desafio Nacional de Máxima Produtividade Safra 2013/2014 com uma meta para os participantes: alcançar a marca de 115 sacas/hectare e superar o recorde de produtividade de soja da competição. As inscrições para o prêmio, que já se consagrou como uma das maiores referências nacionais de estimulo à produtividade da soja no Brasil, devem ser realizadas pelo site www.cesbrasil.org.br até o dia 15 de janeiro de 2014.

“Na edição deste ano do Desafio, o Campeão Nacional alcançou a média de 110 sacas/hectare, o maior índice obtido desde a criação do prêmio. Este resultado comprova que os produtores têm capacidade e criatividade para superar a média nacional de 48,9 sacas/hectare”, afirma Orlando Martins, presidente do CESB. “Nosso objetivo ao estabelecer esta meta é incentivar os sojicultores a ultrapassarem barreiras e inovarem nas técnicas de cultivo, a fim de que outras práticas sejam descobertas e contribuam para o aumento da produtividade de soja no país”, finaliza.

Outra novidade do Desafio da Safra 2013/2014 é a permanência do Campeonato Municipal, devido ao sucesso obtido na primeira edição – participaram mais de 300 munícipios espalhados por 15 Estados brasileiros. Nesta categoria, só poderão concorrer os municípios que tiverem pelo menos cinco áreas inscritas. Os vencedores serão prestigiados com um diploma de reconhecimento e a divulgação do resultado em jornais locais, revistas, veículos de cooperativas e sindicatos, informativos de entidades renomadas e no site do CESB. Todos os campeões municipais serão conhecidos com o término da colheita, após 15 de maio, quando se encerra o Desafio.

“A manutenção do Campeonato Municipal indica que pretendemos ampliar ainda mais a abrangência do Desafio, além de aumentar as chances de os municípios produtores de soja serem reconhecidos nacionalmente e terem suas práticas bem-sucedidas disseminadas e adotadas por agricultores do Brasil inteiro”, atesta Martins.

O Desafio Nacional de Máxima Produtividade tem como objetivo estimular produtores e técnicos a utilizarem as melhores práticas de cultivo, as recomendações de pesquisas e as cultivares mais adequadas para cada região visando contribuir com o aumento da produtividade, sustentabilidade e economia da sojicultura no Brasil. O Desafio conta com as seguintes categorias: Campeão Nacional (soja irrigada), Campeões Municipais, Campeões Estaduais e Campeões Regionais – Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte/Nordeste – (soja de sequeiro).

O Campeão Nacional de soja irrigada e os quatro campeões regionais de soja não irrigada receberão como prêmio uma viagem técnica aos Estados Unidos, em agosto de 2014, onde, entre outras atividades, visitarão culturas de soja de alta produtividade, centros de pesquisas e universidades. Os ganhadores de todas as categorias receberão um certificado do CESB e passarão a ser reconhecidos em seus municípios e estados como referências em produtividade de soja no País.

 Atualmente, o CESB é composto por 16 Membros e oito entidades patrocinadoras: Syngenta, BASF, Pioneer, TMG, Monsanto, Sementes Adriana, Agrichem e Instituto Phytus.

Sobre o CESB

O CESB é uma entidade sem fins lucrativos, formada por profissionais e pesquisadores de diversas áreas, que se uniram para trabalhar estrategicamente e utilizar os conhecimentos adquiridos nas suas respectivas carreiras e vivências, em prol da sojicultura brasileira. O CESB é qualificado como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), nos termos da Lei n° 9.790, de 23 de março de 1999, conforme decisão proferida pelo Ministério da Justiça, publicada no Diário Oficial da União de 04 de dezembro de 2009.

Uma OSCIP é pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, voltada ao alcance de objetivos sociais e tem necessidade de prestar contas.


Compartilhe:

Comentários: