Concurso elege corte do Carnaval 2015 em Barreiras

Evento aconteceu neste sábado (7), no Sesc. Taiara dos Santos foi eleita Rainha; Michel Pratini levou a coroa de Rei Momo

 

texto

Texto e fotos: Cheilla Gobi

Em uma disputa bastante acirrada, repleta de emoção e entusiasmo das torcidas organizadas dos concorrentes, Michel Pratini foi eleito Rei Momo do Carnaval de Barreiras. A Rainha coroada foi Taiara dos Santos, a primeira Princesa, Juliane Lima e a segunda Princesa escolhida foi Aline dos Santos. A corte escolhida neste sábado, no Sesc, irá reinar de 13 a 17 de fevereiro durante o Carnaoeste 2015, em Barreiras, no Oeste baiano.

Onze candidatas concorreram ao título de Rainha e quatro candidatos disputaram a coroa de Rei Momo. A comissão julgadora, formada por sete pessoas levou em consideração requisitos como beleza, simpatia, espírito carnavalesco, originalidade e desenvoltura.

texto3

Os candidatos desfilaram em grupo e individualmente com trajes carnavalescos, biquíni e maiô, no caso das mulheres. O resultado foi divulgado logo após a contagem dos votos entre o júri, representantes da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e da Comissão Organizadora do Carnaval.

A premiação para o Rei Momo e a Rainha foi de R$ 2 mil, para cada um, para a 1ª Princesa R$ 1,5 mil e R$ 1 mil para a 2ª Princesa.

O concurso que elegeu os vencedores foi realizado pela Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o SESC Barreiras. A secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Diana Macedo agradeceu pela parceria. “Essa foi a primeira parceria de muitas outras que virão em prol da nossa cultura, muito obrigada ao Sesc!” agradeceu a secretária.

texto1

Na oportunidade, a Prefeitura homenageou algumas figuras importantes para o Carnaval de Barreiras, a primeira homenageada, foi a fundadora e criadora de blocos tradicionais do Carnaval de Barreiras, que colaborou com a vinda de vários projetos culturais, e hoje coordena o programa Idade Viva, Lélia Rocha.

O segundo homenageado da noite, foi o fundador do bloco da Rola, Bené Setenta. Historicamente o bloco mostra a efervescência cultural, e a perspectiva para 2015 é dar continuidade, no sentido de alegrar e festejar esta tão rica manifestação cultural.

A Prefeitura homenageou ainda o poeta nato, conhecedor da cultura do Oeste baiano, repentista e carnavalesco Zé de Hermes.


Compartilhe:

Comentários: