Cras apresenta semana de integração com os usuários dos projetos

ASCOM

Para o início do segundo semestre de 2013, a equipe de profissionais do Centro de Referência da Assistência Social-Cras, (Casa da Família), com o objetivo de mostrar aos usuários dos projetos a nova programação, desenvolveu entre os dias 22 a 25 de julho uma semana especial com várias dinâmicas recreativas e socioeducativas, voltadas para a integração dos jovens, adolescente e crianças atendidas pelo Projeto Arte em Jogo, pais e responsáveis. O grupo do coral infanto-juvenil, as mulheres cadastradas no programa Ser Mulher e os idosos atendidos pelo Programa Ativa Idade, também participaram das atividades que tem por finalidade fortalecer os vínculos com as comunidades assistidas.

Na área de abrangência do Cras, que compreende os bairros de Tangará, Alto do Cristo e Vila do Padre, de acordo com representantes da equipe do Cras, aproximadamente 30 mulheres, 25 idosos, 100 pais ou responsáveis e 260 jovens, crianças e adolescentes estão cadastrados nos programas oferecidos pela unidade. Crianças e adolescente entre 07 e 17 anos e jovens de até 24 anos, são atendidos nas modalidades esportivas do futsal, karatê, coral e violão do Programa Arte em Jogo que para este segundo semestre oferece a modalidade cultural e intelectual de xadrez, proposta desde o início do ano. “Pela demanda que surgiu a princípio teremos duas turmas, sendo uma pela manhã e outra no período da tarde com no máximo 20 participantes, a perspectiva é que no mês de outubro nós consigamos desenvolver a prévia de um campeonato de xadrez”. Disse o técnico de referência e psicólogo, Eric Gamaliel.

Willes Roniel Santana dos Santos, participa do projeto Arte em Jogo, e pratica aulas de violão. “Para mim é o maior prazer, desde 2011 eu participo. Eu não sabia nada de violão e hoje eu consigo tocar violão sozinho e até ensinar alguns colegas que estão começando agora”. Declara. Cristina Maria da Conceição sempre participa das atividades dos projetos do Cras e assegura que os momentos são bem descontraídos. “São momentos bons, principalmente para agente que trabalho e tem crianças. Eu já participei de quase todos os artesanatos, participei também do curso da tabua eu fui uma das melhores, ainda hoje eu continuo trabalhando com a tabua, estou feliz e também faço novas amizades aqui dentro do Cras”. Garante.

A coordenadora do Cras, Fabiane Martins, tem mais informações e novidades sobre os projetos. “Nosso lema é fortalecer os vínculos e trabalhar a cada dia por meio de uma busca ativa, tendo como prioridade cadastrar as famílias que se encontram em condições de risco social. Além de inserirmos o xadrez passaremos a contar com o Projeto Brinquedoteca que irá atender crianças entre 03 a 06 anos e é direcionado para o fortalecimento dos vínculos entre a família e criança. Mais uma novidade acontece com os projetos Ser Mulher e Ativa Idade que antes eram quinzenais e passarão a ser semanal. O Ser Mulher acontecerá todas as quartas-feiras às 15 horas. E o Ativa Idade todas as quintas-feiras às 15 horas e 30 min.” Destaca, Fabiane Martins.


Compartilhe:

Comentários: