Deputada homenageia padre e pede mais segurança para o oeste

A deputada Kelly Magalhães (PCdoB) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), na tarde desta terça-feira (12), para homenagear o padre Raimundo Reinan Valette, morto no último domingo, no município de Angical, oeste baiano.

“Quero aqui, junto com os moradores da região, me solidarizar com a família do padre Raimundo Reinan, barbaramente assassinado. Ele prestou relevantes serviços pelas comunidades onde passou. O povo sente profundamente a sua perda”, disse.

A parlamentar elogiou o trabalho da Secretaria de Segurança Pública na elucidação desse crime e pediu mais segurança para o povo oestino. “A violência cresce a cada dia e a população está amedrontada. Nós precisamos de resposta. Quando não há elucidação, fica o sentimento de impunidade”, afirmou.

A deputada destacou que a identificação dos autores do crime foi uma supresa e uma grande tristeza: “Quando vemos que um dos autores tem apenas 12 anos devemos parar para refletir sobre o futuro da juventude do Brasil”.

“Muito mais que discutir a implantação do presídio em Barreiras, que venho cobrando insistentemente junto ao governo, nós também queremos ações imediatas para levar às nossas crianças e jovens valores morais, que a sociedade vem perdendo, e também afastá-los das drogas”, finalizou.


Compartilhe:

Comentários: