Desenvolvimento de Buritirama é apontado pelo IFDM

buriti-71
ASCOM

Com base em 2011, o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) aponta avanço do município de Buritirama no desenvolvimento econômico e social, com relação ao ano anterior.

O Sistema FIRJAN acompanha anualmente o desenvolvimento socioeconômico dos 5.565 municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego & renda, Educação e Saúde. Ele é analisado, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde.

No Ranking Nacional, o município está na posição 4283° contra 4401° do ano base de 2010 e no Ranking Estadual o município está na posição 93° contra 110° do ano base anterior.

O IFDM de Buritirama alcança o número 0.5346 no consolidado, e está mais bem classificado que cidades como Barra, Xique-Xique, Mansidão, Santa Maria da Vitória, Bom Jesus da Lapa, entre outras, mesmo sem contar com apoio dos governos estadual e federal.

O IFDM revelou em sua 6ª edição que somente 42 dos 417 municípios da Bahia apresentaram nível de desenvolvimento moderado, ou seja, 87% das cidades baianas ainda possuem desenvolvimento baixo ou regular. Além disso, o estado tem 182 cidades entre os 500 piores resultados brasileiros.

No outro extremo do ranking do estado da Bahia, cinco municípios estrearam entre os 10 menores IFDMs: Canudos, Itambé, Apuarema, Caatiba e Novo Triunfo, sendo que esses dois últimos municípios encontram-se ainda entre os 10 piores IFDMs do Brasil.

Levando em consideração o ritmo de desenvolvimento registrado no país desde 2005, considera-se que o grupo dos 500 piores IFDMs está 13 anos atrasado em relação aos padrões de desenvolvimento encontrados nos municípios que ficaram no topo do ranking em 2011. De acordo com o estudo, essas cidades menos desenvolvidas ainda não chegaram ao século XXI.


Compartilhe:

Comentários: