Desrespeito: Produção dos artistas e coordenação da Expoagro não respeitaram a imprensa local

Por Jayme Modesto

Atitude lamentável registrada durante a 31ª edição da Expoagro – Barreiras que aconteceu de 29 de junho a 07 de julho no Parque de Exposições Engenheiro Geraldo Rocha. A Produção dos artistas contratados e a coordenação da feira deixaram muitos profissionais da imprensa a “ver navios”, não autorizando a entrada dos mesmos para a cobertura como de praxe.

O comportamento dos produtores e da própria coordenação foi alvo de críticas. Muitos profissionais da imprensa, que representavam seus veículos de comunicação ficaram indignados com o descaso e com a forma desrespeitosa e discriminativa como foram tratados. Alguns jornalistas não conseguiram tolerar esse gesto considerado desrespeitoso e indignante e não fizeram questão de cobrir o evento.
Para os assessores de comunicação da prefeitura, imprensa em Barreiras, resume-se apenas na TV. Os jornais e blogs, que ficaram mais de 30 dias veiculando para o Brasil e o mundo releases falando sobre a Expoagro,  a custo ZERO, restou apenas a humilhação na entrada do camarinho onde estavam os artistas.   Além disso, ter que presenciar a truculência dos seguranças despreparados, que faziam questão de ofender os profissionais dizendo, estamos cumprindo ordens, só não diziam de quem.

O acesso aos famosos foi limitado apenas para a TV local, parentes, apadrinhados, “puxa-sacos” e quem mais conviesse. Alguns profissionais conseguiram entrar depois de muita humilhação e bate-boca. Uma total desorganização, ficavam batendo cabeça, para-lá e para-cá, sem se entenderem, apontando a dedo no meio do tumulto que deveria entrar no camarinho.

São coisas assim, que colocam em situação delicada, assessores e funcionários da equipe de governo, que tiveram de ouvir na frente de todo mundo alguns desabafos. Tenho certeza que esta ordem não deve ter partido do gestor, e sim de alguém que queria aparecer.

O Blog do respeitado colunista Itapoan Cunha, também veiculou matéria a respeito do assunto, leia o texto abaixo:

Restrições ao acesso às entrevistas com artistas provocaram insatisfação de todos que queriam entrevistá-los, ou mesmo fotografá-los.

O pessoal das rádios, dos jornais e blogueiros, num uníssono, criticaram, o antes e o depois das atuações dos artistas que se exibiram na Expo Agro.

Tudo porque não foi permitido o acesso daqueles profissionais ao camarim dos artistas, para entrevistá-los, privilégio concedido apenas a Televisão. Quem tentou entrar, foi bruscamente barrado por guardas truculentos, que afirmavam que “estavam cumprindo ordens”, mas sem mencionar de quem eram.

Diga-se de passagem, jornais, rádios e blogs vêm divulgando há dias o evento, gratuitamente (há poucas exceções), razão pela qual foi assaz injusta e desrespeitosa a atitude de quem ordenou tal anomalia. Igualmente, há de se entender que rádios, jornais e blogs, alcançam um universo bem mais amplo em suas divulgações, que tendem a ser captadas mundialmente, através da Internet.

Espera-se, pois, que atitudes insanas com a que vem ocorrendo quanto ao acesso da imprensa em geral aos camarins, seja corrigida e que prevaleça o bom senso e, principalmente, o respeito que todos merecem.

 


Compartilhe:

Comentários: