Educação de Barreiras elege os novos diretores

barrei-71
DIRCOM
A comunidade escolar de Barreiras viveu um dia de exercício da cidadania nesta quinta-feira (27). O motivo foi o processo de eleição de 24 diretores das unidades municipais de ensino que foram escolhidos para o biênio 2015-2016 pelo voto direto de alunos, professores, servidores públicos, conselho escolar e pais ou responsáveis pelos estudantes.

O secretário municipal de Educação, Cosme Carvalho, percorreu as escolas e acompanhou as eleições de perto. Para ele, todo o processo democrático busca oxigenar a gestão das instituições públicas. “A importância disso para toda a rede municipal de ensino é que nós mostramos para a comunidade que a escolha dos diretores não ocorre por acaso. É um momento para celebrar um compromisso com a qualidade da educação. Barreiras está à frente, em nível estadual, como uma das poucas cidades que efetivamente escolhem seus gestores escolares por meio de uma eleição”, explicou o secretário.

Ainda de acordo com Cosme, quando uma comunidade escolhe o diretor da escola de suas crianças, ela participa de forma mais ativa do processo de gestão democrática. “Ganha à escola, ganham os alunos e ganha toda a comunidade”, enfatizou.

Uma das principais vantagens da escolha participativa dos diretores escolares é que, ao participar do processo eleitoral, os candidatos apresentam suas propostas à comunidade e debatem formas de solucionar os problemas, expondo suas ideias para melhorar a qualidade do ensino.

Para a professora Consuelo da Silva Nascimento, candidata à vice-diretora da Creche Sagrado Coração, a eleição dá a oportunidade aos professores, que conhecem melhor a realidade da escola, se candidatarem ao cargo de direção para lutar por melhorias. “Esse envolvimento da comunidade na escolha da direção da escola é muito importante porque posteriormente estimula a participação no dia a dia da escola. Os pais ou responsáveis sabem quem está à frente da unidade de ensino e podem ter um canal de diálogo mais próximo”, diz a professora.

Os candidatos à gestão escolar devem ser professores efetivos das escolas da rede municipal de ensino de Barreiras, com licenciatura plena na área de educação e ter, no mínimo, três anos de efetivo exercício em atividades específicas do magistério na rede pública municipal.


Compartilhe:

Comentários: