Encontro de Líderes discute o uso da tecnologia nos negócios

cdl73
Gabriela Flores

“O Futuro Chegou” e com ele o comércio nunca mais foi o mesmo. Aconteceu na noite desta quinta-feira (14) em Barreiras o 1º Encontro Regional de Líderes, que discutiu o uso das novas tecnologias e inovações que estão reinventando o mundo dos negócios. Organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Barreiras (CDL), o evento reuniu empresários, acadêmicos e autoridades no Teatro do SESC, que acompanharam a palestra de Regiane Relva Romano.

O boom tecnológico ocorrido no século passado contribuiu para o constante desenvolvimento de tecnologias e fortaleceu o comércio, pois foi possível ligar essa ferramenta as necessidades vitais do consumidor. Empresas tiveram que se reinventar para acompanhar a exigência demandada por essa ferramenta. Hoje quem quer se destacar no mercado tem que aprender a usar as plataformas disponíveis para garantir o sucesso nos empreendimentos.

“Fomos surpreendidos nos últimos anos pela vasta exigência implantada pela tecnologia e essa imensidão de informações. Por um lado ela propicia conquistas em diversos segmentos, mas por outro, a classe empresarial teve que se reinventar para acompanhar e se adaptar a esse processo evolutivo. Hoje quem almeja se destacar no mercado tem que aprender a usar os recursos disponíveis para garantir o sucesso de seus empreendimentos. Saber liderar em meio a tanta tecnologia é o que pode diferenciar a empresa das demais concorrentes”, revela o presidente da CDL, Rider Castro.

Quem esteve presente no evento pode acompanhar uma palestra a respeito das inovações tecnológicas com Regiane Relva Romano, especialista mundial tecnologia do varejo. A palestrante apresentou novidades que estão impactando a vida dos consumidores.

cdl72“Para garantir sucesso no uso da tecnologia, nós precisamos ter um sistema altamente eficiente. Saber exatamente quais os produtos que mais vendem, quais os que não vendem, quem são os nossos clientes, fornecedores e parceiros. Isso é condição de que você tenha sucesso. Só isso basta? Não! Nós estamos em um mundo de transformações, então é preciso muitas coisas. Por exemplo: tecnologia que identifique o cliente pela biometria facial. O cliente entra na loja e eu vou reconhecê-lo através da sua face, mando um torpedo para avisar que fulano chegou e tenho todas as preferências dele. Quanto mais conhecer o cliente, mas vou vender para ele”, informou Romano.

Quem quer se destacar no mercado tem que se reinventar e abraçar as novas tecnologias. Tudo isso por causa do novo perfil do consumidor que está sempre conectado. Nos últimos anos as lojas virtuais ganharam destaque e a estimativa é que esse mercado cresça 19% em 2014. E, de acordo com Regiane, o empresário não pode ter medo de inovar para competir com esse novo mercado.

“O negocio hoje mudou. A loja hoje tem que ser um ponto de encontro. Tem que oferecer interatividade, entretenimento, quiosque, mobilidade, rede wi-fi… Toda essa parafernália para poder atender esse novo consumidor, que está a cada dia mais exigente. Para isso é preciso integrar tudo, padronizar, rever toda a infraestrutura tecnológica, rever os funcionários, usar e abusar das redes sociais. A questão é não ter medo de inovar”, finaliza Regiane.


Compartilhe:

Comentários: