Famílias assentadas no município de São Desidério recebem emissão de posse

Texto: Ascom São Desidério

Fotos: Rodney Martins

Na quinta-feira, 24, o prefeito de São Desidério, Demir Barbosa, acompanhado de secretários municipais, se reuniram no assentamento Oscar Niemeyer com o superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) da Bahia, Luiz Gugé, o deputado federal Valmir Assunção, o diretor nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais (MST), Márcio Matos e o coordenador regional do MST Isaias Nascimento e representantes do MST para realizar a emissão de posse de 110 famílias assentadas.

A área assentada possui 2.300 hectares, está localizada a 40 km da sede, entre os povoados de Almas e Batalha, e o bom relacionamento da administração municipal facilita o entendimento entre as partes. “A prefeitura é parceira e vai investir em melhorias e qualidade de vida para os assentados. Investiremos na infraestrutura dessa futura vila, já estamos trazendo a energia e vamos trazer a água encanada, a saúde, a educação e melhorias na agricultura. Iremos fazer tudo que for possível pelos assentados do Oscar Niemeyer”. Disse Demir Barbosa.

Depois da emissão de posse o superintendente regional do Incra, Luiz Gugé assegura qualidade de vida para os assentados. “Depois de assentadas essas famílias poderão ter uma qualidade de vida muito melhor, elas terão acesso a terra e aos créditos e viverão com dignidade porque os recursos que elas irão receber de créditos vai gerar renda e riqueza para a família e para o município e isso é muito importante”. Afirma.

As mudanças sociais e econômicas dependem antes de tudo, das lutas sociais da força e união dos órgãos e da organização dos trabalhadores. “Nesta caminhada aqui na Bahia é a primeira vez que chegamos a um acampamento e encontramos uma ação da prefeitura e isso não é coisa comum. Estão de parabéns os companheiros aqui de São Desidério, isso para nós é muito importante. É um privilégio estarmos apenas a 11 meses aqui e já recebendo a emissão de posse. Essa vitória é de todos nós”. Assegura o diretor nacional do MST, Márcio Matos. As declarações de Matos também condizem com as ideias do coordenador regional Isaias Nascimento. “A parceria do município de São Desidério serve de exemplo para todo o estado e toda a região oeste, é a única que tem o respeito dos assentados, temos um prefeito que tem compromisso com toda a classe trabalhadora do campo”. Disse.

Para o deputado federal Valmir Assunção, o movimento de luta pela reforma agrária em São Desidério é positivo pela força da organização.“Quero parabenizar as famílias que tiveram a coragem e a disposição de estarem aqui, parabenizo também o prefeito de São Desidério que tem dado todo apoio aos acampados. Nós do movimento dos sem terra quando temos uma parceria com a prefeitura e um prefeito igualmente o Demir e juntos com o governo federal e estadual, é lógico que só temos a avançar e um dos exemplos é justamente esse, depois de 11 meses de acampados temos a emissão de posse”. Declara Valmir Assunção.

Segundo o superintendente do Incra, Luiz Gugé, agora o próximo passo é trabalhar pela licença ambiental para então a demarcação da área onde cada família terá direito a um lote de 30 hectares. “É de grande importância a regularização das terras aqui para nós do assentamento, porque nós queremos trabalhar para ajudar as famílias que estão necessitadas e precisam, e nós estamos aqui com garra para ajudarmos uns aos outros a manter nossas famílias aqui dentro do Oscar Niemeyer”. Garante o assentado Valdeci Carmo dos Santos.


Compartilhe:

Comentários: