FIM DO MUNDO: Mais uma previsão frustrada

Novas teorias do fim do mundo já surgem. O próximo foco passa a ser 2014.

Por Cheilla Gobi

Mais uma vez a previsão sobre o fim do mundo fracassou. A data 21 de dezembro de 2012 que esteve frequentemente presente nos últimos meses na grande mídia, páginas web, redes sociais, e inclusive nas telas de cinema, especialmente por conta de supostas profecias que preveriam, o fim do mundo não apresentou nada de anormal, assim como outras previsões fracassadas como: em 1806 – a galinha profeta de Leeds. 23 de abril de 1843 – a previsão adventista de Willian Miller. 1910 – o gás mortal do Cometa Halley. 1997 – a seita Heaven’s Gate e 2000 – bug do milênio. 

A data 21 de dezembro se chegou por intermédio de um complexo de hipóteses, que induziriam a crer que o fim dos tempos coincidiria com o fim do calendário Maia, que identifica o ano de 2012 como o fim de um grande ciclo.

As religiões falam de um apocalipse, de uma renovação dos seres, do retorno de um messias ou de transições para novas eras, mas sem nenhuma previsão de data para tais acontecimentos. Porém, para muitas pessoas, o fim do mundo seria 21 de dezembro de 2012.

Foram muitos ruídos sobre esta data. Não ouve registro sobre o que aconteceria depois, mas não faltaram especulações. Entre as catástrofes para o dia derradeiro estariam: chuva de meteoros, planetas em rota de colisão com a terra, erupções solares e inversão dos polos.

Muitos até se prepararam para tal acontecimento, enquanto outros não deram nenhuma trégua a esta informação.

No município de Barreiras, o tema virou até brincadeira de festa de camisas, realizada antes do dia 21.  Uma levada elétrica promovida por um bloco carnavalesco fez a seguinte chamada: “Curtam o melhor evento da sua vida antes do fim do mundo!”. A equipe do jornal entrou em contato com o responsável pelo bloco para maiores esclarecimentos sobre tal divulgação, mas não obteve sucesso. 

Líderes religiosos de Barreiras apresentam diferentes visões sobre o tema, todos convictos de que o mundo não teria fim em 21 de dezembro. No Catolicismo no Apocalipse Cristão, o fim do mundo está ligado à Segunda Vinda de Cristo e à instauração de uma nova terra e um novo céu. Para os católicos, a data desse acontecimento ninguém conhece, somente Deus sabe.

“Nós entendemos que a revelação de Jesus não tem data prevista. A igreja católica espera o final do mundo, mas não sabe precisamente quando e como, porque o próprio Jesus disse que somente o pai saberá o dia, em que as coisas finais irão acontecer”, disse o Bispo Diocesano Dom Josafá.

As religiões evangélicas têm uma visão parecida à Católica: ninguém sabe quando acontecerá o fim do mundo.

“Estas datas não são bíblicas, somente Deus sabe o dia e a hora para as coisas acontecerem. Uma das maiores mentiras foi sobre o fim do mundo no dia 21 de dezembro de 2012 e já houve outras, igrejas que profetizaram que o mundo acabaria em 1914, em 2000, nada disso aconteceu. Está para acontecer um grande fenômeno na terra e ninguém vai impedir, não será o fim do mundo, pois o mundo não vai acabar, agora não, será um fenômeno chamado arrebatamento das igrejas é o terceiro e último fenômeno na terra com relação a história humana”, afirmou o pastor da Igreja de Éfeso em Barreiras, Tertuliano.

No Judaísmo eles acreditam na vinda do Messias, para preparar os humanos para uma nova fase, na qual, o mundo seria mais elevado, e a natureza transformada.

“Entre o fim da era da humanidade, o nosso tempo e o tempo do messias na terra acontece um fenômeno marcante. Para nós, a verdade é que o mundo nunca irá acabar. As pessoas passam, nós homens iremos sofrer várias retaliações, já estamos enfrentando problemas, a natureza já reage,” falou o líder da comunidade Israelita, Resgate em Barreiras e também em outras localidades da região oeste da Bahia, Rabi Robson Batista.

Quanto à climatologia, nada afirmava o fim do mundo. Conforme o Centro de Análise e Previsão do Tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), não poderia haver uma mudança brusca no clima, a não ser que uma pessoa com o poder de mudar o eixo Norte-Sul da Terra ou a órbita da Lua. Além disso, a aparelhagem do Inmet não previa nada de anormal para o dia 21 de dezembro.

Novas teorias para 2014

O debate de ideias sobre o “fim do mundo” rende discursões infindáveis. Novas teorias do fim do mundo já surgem. O próximo foco passa a ser 2014, o mesmo ano em que o Brasil sediará a Copa do Mundo de futebol.

Na internet já circula informações sobre a nova data. Segundo os subsídios, existem duas possibilidades de uma catástrofe para 2014. A primeira seria um meteoro, chamado 2003 QQ47, que cairia na Terra no dia 21 de março. Ele seria cerca de dez vezes menor do que o meteoro que eliminou os dinossauros da terra há 65 milhões de anos. Apesar de menor, ele teria a capacidade de acabar com um continente. Quem descobriu esse asteroide foram os astrofísicos do Centro de Informação Britânico sobre Objetos Próximos da Terra.

No entanto, a probabilidade desse asteroide atingir a Terra é pequena, cerca de uma chance para 909 mil. A segunda possibilidade, mais devastadora, seria uma Nuvem do Caos que dissolveria o que encontra pela frente e estaria vindo em direção a Terra. Sua chegada, estimada para 1º de junho de 2014, às 9h15.

 


Compartilhe:

Comentários: