Governador Jaques Wagner visita Ibotirama e é recepcionado por Terence Lessa

 Texto e Fotos: Jayme Modesto

Inauguração do Laboratório Municipal de Referência, Centro Integrado de Comunicações e a entrega de 20 retroescavadeiras 

Um Centro Integrado de Comunicação (Cicom), um Laboratório Municipal de Referência Regional e 20 máquinas retroescavadeiras, para a construção de aguadas em municípios situados no semiárido, foram entregues nesta sexta-feira (17), pelo governador Jaques Wagner, em Ibotirama, no Oeste da Bahia. As ações melhoram a segurança, a saúde e o abastecimento para quase 400 mil pessoas.

O Cicom já está atendendo 17 municípios da região. O centro conta com uma equipe de 28 servidores e 17 atendentes, que trabalham com os mais modernos equipamentos de monitoramento de segurança, a exemplo de câmeras e computadores de última geração. Agora, para solicitar ação do Corpo de Bombeiros ou das polícias Civil ou Militar, basta discar o número 190 a qualquer hora do dia ou da noite.

 “A partir desta central, todos os policiais de 17 municípios da região vão poder se comunicar e melhorar a ação no combate aos criminosos. Igual a este, estou instalando 22 em todo o estado e teremos uma grande central em Salvador, orientando as ações de segurança pública na Bahia. Assim, ganhamos qualidade, rapidez e eficiência na batalha contra o crime”, destacou o governador.

O governador também firmou uma parceria com o prefeito de Ibotirama Terence Lessa, para reforma do mercado municipal que será completamente remodelado. O prefeito conseguiu também com o governador um tomógrafo e dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no hospital regional. “Nós poderemos dar mais segurança para a população do Oeste baiano”, afirmou o prefeito.

A segunda inauguração do dia foi do Laboratório Municipal de Referência Regional, o 12º entregue desde 2007 na Bahia, que até então contava com apenas um, em Salvador. A unidade, que dispõe de equipamentos de última geração, está instalada junto ao Hospital Regional de Ibotirama.

Agora, a população de nove municípios do Oeste não precisa mais ir à capital ou a Bom Jesus da Lapa para fazer um dos 81 procedimentos de saúde pública e exames para detecção de doenças como Síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids), hepatites e hanseníase, que passam a ser realizados na unidade.

De acordo com o Secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla, “com o laboratório central, é possível fazer o tratamento de forma mais adequada e rápida, facilitando também as medidas de controle e bloqueio da disseminação de doenças, com identificação mais precisa do agente infeccioso”, disse.

O governador finalizou a sua visita ao município de Ibotirama, em uma grande concentração na Praça Ives de Oliveira, com a entrega de 20 máquinas retroescavadeiras a 20 prefeituras da região, que estão situadas no semiárido. As máquinas foram compradas em parceria com o Governo Federal e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Os equipamentos serão utilizados principalmente na construção de barragens subterrâneas.

“O objetivo é construir cinco mil barragens subterrâneas para a produção nesta região onde chove pouco, e por isso, é necessário acumular água”, comentou o Secretário da Casa Civil do estado, Rui Costa. Essas máquinas fazem parte de um plano de convivência com o semiárido.

Para o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, as máquinas vão resolver um problema grave na região. “Vamos utilizar as retroescavadeiras para construir várias aguadas subterrâneas, importantes para captar e reservar a água da chuva que será consumida nos períodos mais prolongados de seca”, reforçou.

O prefeito Terence Lessa, que desponta nas pesquisas como melhor gestor municipal do estado da Bahia, fez um emocionante discurso de agradecimento ao governador e ao povo de Ibotirama. Terence lembrou os compromissos assumidos em campanha e disse que Ibotirama hoje vive uma nova realidade.


Compartilhe:

Comentários: