Imprensa barreirense conhece a construção da moderna concessionária Topvel

Texto e fotos: Jayme Modesto – modesto@jornalgazetadooeste.com.br

O empresário José Brandão (Zuba) reuniu a imprensa neste sábado, 07 de dezembro para conhecer a futura instalação da nova Concessionária da Topvel, revendedora da marca Chevrolet, empresa integrante do Grupo Brandão.

O encontro visou à apresentação do novo empreendimento do grupo. A sede da concessionária que está sendo construída em Barreiras deve ser a maior e melhor do Oeste da Bahia.

Representantes de veículos de comunicação foram recepcionados pelo diretor do Grupo Brandão, representado por José Brandão (Zuba), pelo responsável técnico, o engenheiro João Sá Teles e pelo representante da empresa Belga “Enersol”, Adriano Guimarães.

Depois de concluída, a obra deve ser motivo de orgulho para o município e os barreirenses. Com o slogan “Orgulhe-se Barreiras”, a campanha de divulgação da construção e a conclusão da obra vem reafirmar o potencial econômico e a confiança do Grupo Brandão no município e região Oeste da Bahia.

Com a construção das modernas instalações, o grupo que cumpre com todas as obrigações tributárias, trabalhistas e civis, agora deve inovar para trazer ainda mais benefícios ao município, por meio de ações de responsabilidades sociais e ambientais.

Na apresentação do empreendimento, Zuba fez uma ampla explanação afirmando que, a nova sede da Topvel está sendo edificada com a visão global de sustentabilidade. “Estamos edificando em espaço amplo que trará aos nossos clientes, conforto, ótima localização e acessibilidade. Outro diferencial, mesmo que num primeiro momento apresente certo aumento nos custos é a sustentabilidade, onde a cobertura do prédio é de polipropileno o que a médio e longo prazo nos trará retorno significativo no consumo de energia, além de maior conforto térmico e redução de ruídos”, afirmou.

Segundo o empresário José Brandão, a parceria firmada com a empresa “Enersol” com matriz na Bélgica, trará grande contribuição para o meio ambiente, reduzindo a tarifação de energia elétrica, uma vez que possibilita a geração da própria energia a ser consumida na empresa.

“Trata-se da tecnologia NET METERING (compensação). Consiste na instalação de painéis fotovoltaicos que através da captura de raios solares gera energia para consumo interno. Uma das grandes vantagens desse sistema é a preservação do meio ambiente por ser energia limpa e renovável e também por apresentar vantagens econômicas e sociais”.

O engenheiro responsável pela obra, João de Sá Teles em sua apresentação, disse que Zuba é um visionário pelo conjunto de delegações que lhe foram apresentadas.

“Estamos a sete meses trabalhando neste projeto e cumprindo o cronograma da obra. Sinto-me gratificado em fazer parte deste plano, uma vez que Zuba não mediu esforços, nem poupou recursos para vê-lo concluído. Outro ponto positivo é que nesse período de sete meses não tivemos nenhum registro de acidente de trabalho e com rotatividade de pessoal praticamente zero”, garantiu.

O representante da empresa Enersol, Adriano Guimarães afirmou em sua explanação que com a produção da eletricidade fotovoltaica e com o sistema de compensação “NET METERING” regulamentado pelo governo no final de 2012, hoje é possível produzir a própria energia.

“Segundo a resolução normativa 482/2012 da ANEEL, além de consumirmos energia elétrica, podemos também sermos fornecedores de energia através de sistema interligado a rede de distribuição já que nos finais de semana as empresas geralmente estão fechadas podemos repassar a eletricidade gerada para a distribuidora (COELBA) gerando assim um bônus  ser utilizado no prazo de até três anos gerando assim significativa redução na conta. Esses sistema é amplamente utilizado na Europa, onde a exposição aos raios solares é restrita a alguns meses durante o ano”, finalizou.

No final da apresentação, foi assinado simbolicamente o contrato de serviço com a Enersol e oferecido café da manhã.  Em seguida os representantes foram convidados para conhecer as futuras instalações.  A área total é de 12.847,70 m², a área construída é de 3.139,80 m² entre pavimento térreo e superior, a edificação já existente da antiga empresa que também será aproveitada mede 1.419,07 m². A previsão de conclusão da obra é para março e início das atividades, abril de 2014.


Compartilhe:

Comentários: