Mais dois povoados do oeste da Bahia passam a ter água de qualidade

Com a chegada da água tratada nas torneiras, José Carlos de Araújo, 72, morador do povoado de Barreiro das Pedras, em Serra Dourada, passou a adotar uma nova rotina. Ao acordar, ele vai diretamente no hidrômetro para medir o consumo de água da sua residência onde moram mais cinco pessoas. “Sabemos as dificuldades para ter água nesta região em época de seca. Temos que fazer a nossa parte e economizar”. Ele fala satisfeito ao apontar para o reservatório de mil litros de água tratada e de qualidade que começou a ser distribuída na localidade. “Antes era salobra e faltava em época de seca. Para beber, tinha que buscar na cidade”, diz.

Desde o início de dezembro, 215 pessoas que moram nos povoados de Baixa Verde, Barreiro das Pedras e São Caetano, no município de Serra Dourada, oeste do estado, estão contando com água tratada e canalizada fornecida em casa. Por meio do Programa Água para Todos, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), investiu cerca de R$ 117 mil na extensão de rede que, brevemente, vai contemplar também os povoados de Cana Fístula e Veredinha.

Mobilização

Com o início da prestação do serviço de abastecimento de água, a Embasa também organizou duas reuniões de mobilização social no sentido de sensibilizar a comunidade local sobre a importância do consumo racional de água, do ato de limpar a caixa d´água de seis em seis meses, e explicar sobre tarifas. Nas reuniões, cartilhas educativas foram distribuídas aos participantes.

O município de Serra Dourada faz parte do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Santana cuja estação de tratamento de água (ETA) fica na localidade de Porto Novo. Este sistema atende, também, os municípios de Brejolândia, Canápolis, Serra Dourada e Tabocas do Brejo Velho, abastecendo, atualmente, cerca de 55 mil pessoas.

Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Barreiras (UNB)


Compartilhe:

Comentários: