Mensagem de Congratulações à Brejolândia pela passagem do seu aniversário de 62 anos de emancipação política.

brejo74Texto e Fotos: Jayme Modesto
A história política de Brejolândia é motivo de orgulho para muitos cidadãos que ali nasceram e cresceram, entre os quais destacam um aficionado por esta terra, Lindomar Pereira, presidente da Câmara de Vereadores.

O município que nestes 62 anos passou por momentos incertos e conturbados em suas administrações, ficou estagnada sob regimes paternalistas, tornando difícil recuperar todo o atraso num curto espaço de tempo. Brejolândia volta a viver um momento de esperança e expectativa de sua população, a atual gestão que tem como timoneiro o jovem prefeito Gilmar Ribeiro (Mazim), tem demonstrado entusiasmo e visão de empreendedorismo. Nestes 19 meses de gestão, Brejolândia já figura com uma nova imagem.

Faz-se necessário reconhecer que uma administração empreendedora valoriza não só o ser humano, como também a parte estrutural da cidade, com uma imagem positiva tudo fica mais valorizado e confiante. 98% das pessoas que moram em Brejolândia, são de boa índole, decentes, de boa fé e esclarecidas.

brejo72História
O povoado de Brejo-Velho, como era chamado o município inicialmente, foi emancipado através da Lei Estadual nº. 1.721, de 16 de julho de 1962 e ficou com um território de 2.744,487 km². Sua população urbana e rural é de aproximadamente 11.500 habitantes, limita-se com as cidades de Wanderley, Cristópolis, Serra Dourada, Sítio do Mato, Muquém do São Francisco e Tabocas do Brejo Velho e distante a 784 quilômetros de Salvador.

Historicamente, Brejolândia surge a partir da vinda de bandeirantes e exploradores à procura de riquezas minerais e de melhores terras para a agricultura e pecuária.

Após a abertura de fazendas e da criação de gado, o lugarejo transformou-se num crescente povoado chamado Brejo Velho. A origem primitiva desse nome foi em razão da formação de seu solo, que eram verdadeiros brejos, hoje desapareceram em razão da ação predatória de seus habitantes.

Seu território é considerado semi-acidentado e possui um patrimônio natural predominante de montanhas e vales, destacando a Serra do Cercado Grande, a Serra da Casa Velha, a Serra de Santa Luzia, a Serra do Alegre, a Serra de Três Morros, bem como, a existência da Lagoa do Brejo, Lagoa das Meninas, Lagoa da Porta, a Nascente da Gameleirinha e a Gruta do Sossego.

brejo720A economia é pautada na pecuária, agricultura de subsistência e comércio. Na agricultura, destaca-se o cultivo de milho, arroz, feijão e mandioca. Na pecuária pratica-se a bovinocultura, suinocultura e caprinocultura. No setor comercial cada vez mais intenso, em razão do grande número de estabelecimentos que atuam na comercialização de gado bovino, tecidos, confecções, alimentos e produtos da terra. Já no setor industrial podemos destacar as empresas fabricantes de objetos de cerâmicas, tijolos e aguardente.

O Carnaval é um dos principais atrativos do município, assim como é a vaquejada que surgiu em 1192, também em comemoração ao aniversário da cidade que surgiu no ano de 1992.

Na data maior, em que Brejolândia comemora 62 anos de sua emancipação política, o Jornal Gazeta do Oeste, a Prefeitura Municipal em nome do prefeito Gilmar Ribeiro e o Poder Legislativo Municipal em nome dos nove edis solidariza-se com seus habitantes neste dia impar na sua história.

Parabéns!

brejo73


Compartilhe:

Comentários: