Mini presídio será construído em Barreiras

 Barreiras ganhará mini presídio

O município de Barreiras, Oeste da Bahia, deverá ser contemplado por um projeto de R$ 88 milhões que visa construir oito novas unidades prisionais no Estado. De acordo com o secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), Nestor Duarte Neto, a criação de novas vagas é uma das ações de humanização do sistema prisional, empreendidas pelo governo do estado, que visa migrar os detentos das delegacias para presídios.

A obra deve seguir o modelo de um mini presídio que começou a ser construído na última sexta-feira, 04, em área interna do Conjunto Penal de Feira de Santana. Com 104 vagas, o local será destinado a presos provisórios, e as obras serão concluídas em 40 dias. Ainda não se sabe com qual capacidade serão erguidas as unidades em outros municípios.

 
Em Feira de Santana, a construção está orçada em 2 milhões e 360 mil reais, e será realizada com a utilização de uma moderna engenharia. “Estamos trazendo celas pré-moldadas que ficarão prontas no tempo hábil de 40 dias”.

 
O secretário assegurou que serão construídas outras 3 mil, em municípios como Barreiras, Vitória da Conquista, Brumado, Irecê, além de outras 2,5 mil através de parceria público-privada. Em Feira, ainda está prevista a construção de uma penitenciária feminina. Em Salvador, também será construído um presídio feminino, além de uma unidade de jovens e adultos.

Outra meta da Seap é a ressocialização dos internos. “Fechamos 2012 com 5.030 internos em atividades educativas ou laborativas”, informou. Uma das ações importantes nesta área foi a parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no âmbito do Programa Qualifica Bahia, que disponibilizou 1.080 vagas para capacitação profissional dos sentenciados.

Fonte: AGECOM


Compartilhe:

Comentários: