Morpará é reconhecido mundialmente pelas políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes

Perto de concluir seu mandato como prefeito de Morpará, no próximo dia 31 de dezembro, Sirley Novaes Barreto (PT), esteve em Salvador na última quarta-feira (5), para receber mais uma boa notícia para seu município: o Selo Unicef Município Aprovado edição 2009-2012. O trabalho desenvolvido pelo prefeito Lelei, como é conhecido, e toda a sua equipe em favor da melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes de Morpará foi reconhecido pelos dirigentes do Unicef no Brasil.

A solenidade de entrega do selo aconteceu no Fiesta Convention Center, em Salvador e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o governador da Bahia, Jaques Wagner e de prefeitos de várias cidades dão Estado, conselheiros de direitos e articuladores municipais.

“É uma satisfação muito grande receber o selo Unicef porque a gente entende que as políticas públicas desenvolvidas por nossa equipe deu certo. Em cima da disciplina, da organização e responsabilidade conquistamos este importante prêmio de reconhecimento internacional. O Selo Unicefe tem um significado, uma importância muito grande para todo o município de Morpará, disse Lelei, que esteve na solenidade acompanhado do articulador do selo Unicef em Morpará, Luís Carlos Santos da Cruz e do presidente do CMDCA, Robson dos Santos Nunes, pastor da Igreja Batista.

Lelei conta qual a estratégia para conseguir o importantíssimo selo. “Nós reduzimos a mortalidade, conseguimos melhorar a vida das pessoas. E principalmente, construindo um país, uma nação em cima da preocupação com a criança e com o adolescente. Isso, as futuras gerações que irão agradecer a nós todos”, frisa. ança e no adolescente”, concluiu.

O selo

O Selo Unicef Município Aprovado é uma tecnologia social inovadora, lançada em 1999 no Ceará, que, desde 2005, alcança todo o Semiárido Brasileiro. A partir de 2009, o Selo chegou à Amazônia Legal Brasileira, articulando, mobilizando, comunicando, acompanhando e, finalmente, certificando as políticas públicas municipais voltadas para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Para conquistar o Selo, os municípios foram avaliados em três eixos: Impacto Social, Gestão de Políticas Públicas e Participação Social.

O Impacto e Gestão foram avaliados a partir do desempenho de indicadores de Saúde, Educação e Proteção no período de quatro anos.

Dos 417 municípios do Estado da Bahia, pouco mais de 200 participaram da avaliação, mas apenas 33 foram reconhecidos com o Selo Unicef.

Por Gervásio Lima


Compartilhe:

Comentários: