Nestor Duarte fala sobre o presídio de Barreiras e diz que se sentiu injustiçado

Secretário de Ressocialização e Administração Penitenciária da Bahia, Nestor Duarte Neto falou com exclusividade à equipe do Jornal Gazeta do Oeste sobre o presídio de Barreiras e garantiu que a obra será iniciada nos próximos dias e ficará pronta em sete meses.

Texto e fotos: Jayme Modesto – modesto@jornalgazetadooeste.com.br

A polêmica sobre a construção do presídio de Barreiras, que teve um novo capítulo com o pronunciamento dos vereadores Alcione Rodrigues e Hipólito dos Passos, após uma viagem a Brasília, para tratar do assunto com o Diretor Nacional de Políticas Penitenciarias Fabrício Netto no Ministério da Justiça, onde segundo os edis, eles foram informados de que o recurso que estava disponível e destinado à construção do Presídio Regional de Barreiras fora destinado para a construção do Centro de Detenção Provisória na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

Conforme os vereadores, após receber a notícia entraram em contato com o Secretário de Ressocialização e Administração Penitenciária da Bahia, Nestor Duarte Neto e receberam apenas uma promessa de explicações à população no dia 16 de outubro, em Barreiras. Sobre o assunto, o secretário Nestor Duarte Neto, falou com exclusividade à equipe do Jornal Gazeta do Oeste, nesta quinta-feira (03/10) em Barra onde estava acompanhando o governador Jaques Wagner.

Nestor Duarte disse ter se sentido injustiçado e garantiu a construção do presídio. “Chamamos os vereadores, a deputada estadual Kelly Magalhães, o deputado federal Oziel Oliveira e comunicamos que a verba federal não estava saindo, isso no final do ano de 2012. Em 2013 comunicamos que iriamos fazer com recursos próprios, uma determinação do governador Jaques Wagner. Iremos construir um presídio com 533 vagas, um presídio convencional. Se eu assegurei verba estadual para fazer o presídio maior e melhor com ressocialização eu tinha que não ser soberbo e redirecionar o dinheiro federal para outras localidades, sendo: Luís Eduardo Magalhães, Bom Jesus da Lapa, Itabuna, Feira de Santana, São Sebastião e Senhor do Bomfim. Eu como secretário tenho obrigação de fazer, e me senti injustiçado”, explicou Nestor.

Com relação à obra do presídio de Barreiras, Duarte garantiu que será iniciada nos próximos dias, e que a estimativa para conclusão é de sete meses. “Estamos com tudo literalmente pronto. Salvamos a verba de Barreiras com recursos próprios, e a obra será iniciada nos próximos dias e ficará pronta em sete meses”, garantiu Duarte.


Compartilhe:

Comentários: