Nota do PSDB de Barreiras sobre a desfiliação de Dó Miguel

No último dia 12 de março de 2015, o PSDB de Barreiras por seu presidente Caduda Braga, recepcionou o pedido de desfiliação do então filiado Washington Miguel de Souza Oliveira (Dó Miguel), que deste 06/06/2012, constava dos quadros de filiados a esta agremiação partidária.

Ao passo que lamentamos a desfiliação do valoroso companheiro, rechaçamos as declarações de que Dó Miguel tenha sido “hostilizado pelo PSDB”, bem como de que “O PSDB se juntou com outros partidos e trabalhou um ano para destruí-lo e destruir sua candidatura. Não só o PSDB de Barreiras mas também o PSDB da Bahia”. Conforme publicado na imprensa e em nota distribuída.

Não há uma só linha que documente na imprensa falada, escrita ou televisada de Barreiras, ou mesmo que goze de testemunho idôneo, que possa atestar qualquer grau de hostilidade registrado do PSDB de Barreiras ou da Bahia quer seja por seus quadros ou dirigentes que deem conta de destrato ou hostilidade contra Dó Miguel, tido sempre como um dos quadros de proa do partido.

Salientamos ainda que desde sua filiação aos quadros do PSDB, Dó Miguel, sempre gozou da atenção e respeito de todos dentro do partido, sendo instigado a ser o candidato a prefeito pelo PSDB de Barreiras em 2012, com apoio unânime do partido, convite do qual declinou-se, em face de razões de ordem pessoal e familiar, e sendo novamente convocado pelo partido a representar o tucanato barreirense nas eleições de 2014, com vistas a disputar uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia, ou na Câmara Federal, novamente Dó declinou-se do convite, desta feita alegando não se sentir motivado a disputar cadeira nos parlamentos anti dito.

Desde que Dó Miguel manifestou seu desejo em disputar as eleições majoritárias de 2016, o partido sempre acolheu com incentivo e apoio sua pretensão, logicamente dentro dos critérios de pré-campanha, o que não veda o desejo de que outros filiados assim também se manifeste, e que assim sendo terá também o apoio e incentivo do PSDB, acostumado que é o partido com os debates e decisões democráticas.

A desfiliação de Dó Miguel se deu por um ato voluntário, que lhe assiste o direito fazê-lo, compreendendo sua irrevogável decisão, formulamos votos de que o mesmo posso se sentir a vontade para escolher com serenidade outra agremiação partidária que possa lhe proporcionar as condições ideais para seguir em sua militância sócio-política, no que lhes desejamos vitórias e sucesso.

Barreiras – BA, 18 de março de 2015.

 

Executiva PSDB de Barreiras


Compartilhe:

Comentários: