Nota Pública da deputada Kelly Magalhães sobre o Presídio Regional

Quero de público, afirmar que desconhecia a ação impetrada pelo secretário de Assunto Penais, senhor Nestor Duarte, em transferir os recursos que estavam alocados para a construção da unidade prisional em Barreiras e que, para espanto de todos, foi transferido para ser construído na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

Reafirmo meu respeito ao município vizinho e ao seu povo, mas, é inadmissível que depois de tanta luta, Barreiras, na condição de cidade pólo, que recebe todos os municípios vizinhos, perca o presídio para LEM.
Reafirmo com CONVICÇÃO, que tenho lutado incansavelmente junto com o deputado federal Oziel Oliveira, com quem já estivemos várias vezes com o secretário reafirmando a necessidade da construção imediata do presídio. Me envergonho em ver que o governo do estado tomou uma decisão que pesa sobre todos nós, e não teve o respeito de consultar ou ao menos comunicar as lideranças políticas da região, especialmente os que compõem a sua base de apoio, sobre tal atitude.

A sociedade de Barreiras e do oeste, podem ter a certeza da nossa voz firme e da luta destemida para reverter essa situação esdrúxula.
Luís Eduardo, também merece ter uma unidade prisional pelas condições carcerárias em que se encontram os seus presos. Mas, isso não significa retirar de Barreiras uma conquista de muitas mãos e de muitas lutas.
Me uno à toda a sociedade, ao Bispo Dom. Josafá, que não tem medido esforços, inclusive ligando diretamente e diversas vezes para o secretário Nestor Duarte, para exigir e clamar o início das obras com urgência.

Desde que recebi a notícia, tenho conversado com a equipe do governador Wagner, no sentido de reverter essa situação e vamos continuar nossa ação firme e convicta de que Barreiras, merece RESPEITO.


Compartilhe:

Comentários: