Novo Bispo de Patos, Dom Eraldo é ordenado em Barreiras

Uma multidão prestigiou a ordenação, inclusive religiosos e fiéis da Diocese de Patos na Paraíba.

 

Texto e fotos: Cheilla Gobi

Logo nas primeiras horas da manhã do dia 27, a cidade de Barreiras, região oeste da Bahia recebia as caravanas trazendo fiéis de várias localidades do Brasil, pessoas que, com grande entusiasmo, acompanharam a celebração eucarística de ordenação episcopal do monsenhor Eraldo Bispo da Silva que teve início às 17 horas.

A Catedral São João Batista se tornou o grande altar deste momento ímpar para a Igreja católica. A presidência da celebração ficou por conta do Cardeal Dom Geraldo Majjela.

O bispo da Diocese de Barreiras, Dom Josafá Meneses e demais bispos do regional nordeste 3 e 2,  bispo de Campina Grande – PB, arcebispos de Feira de Santana, Dom Frei Itamar Vian e de Goiânia, Dom Washington Cruz acompanhado pelo seu bispo auxiliar, Dom Valdemar Pacinie, padres, religiosas, seminaristas, fiéis da Diocese de Patos e de Barreiras e também de outras dioceses da região oeste, presbíteros e diáconos, o Pastor Ferraro representando todas as igrejas evangélicas de Barreiras, familiares do ordenado e autoridades políticas se somaram à grande multidão, reunida na Praça São João Batista.

O monsenhor Eraldo saudava a todos durante procissão de entrada. Com grande sorriso no rosto e através de acenos positivos, era visível tamanha emoção vivida naquele momento.

“A ordenação é um evento que ultrapassa as fronteiras enobrece efetivamente este momento os familiares do monsenhor Eraldo Bispo da silva. Nesta celebração, é conduzida a dignidade episcopal ao membro do nosso presbitério. Mons. Eraldo é o segundo em 33 anos de história iniciada pelo saudoso dom Ricardo Weberberger tornando se Bispo da diocese de Patos e deixa definitivamente de fazer parte do clero da diocese de Barreiras, no qual somos de um lado enobrecidos e do outro, empobrecidos, mas queremos ler este acontecimento no contexto da fé”. Foram com estas palavras que dom Josafá iniciou a celebração.

O cardeal dom Geraldo Majjela falou do sentido da ordenação. “Dom Eraldo Bispo da Silva recebe a missão episcopal e fará parte do colégio episcopal como Bispo da igreja católica. O rito da ordenação nos dá o sentido do serviço de acolhia e da comunhão que o próprio Cristo deu e ensinou aos apóstolos para serem testemunhas diante do povo de Deus”.

Logo em seguida, ocorreu o rito de sagração do monsenhor Eraldo Bispo da Silva sendo, então, ordenado bispo.

Dom Eraldo que dedicou 27 anos de sua vida a diocese de Barreiras agradeceu os que fizeram e ainda fazem parte do seu itinerário vocacional.

“Diante deste acontecimento é muito bom olhar e ver de perto tantos amigos que mesmo sem terem a oportunidade para um pronunciamento, dizem com seus olhares e gestos afetuosos. Por isso quero dizer: muito obrigado a todos que fizeram e fazem parte do meu itinerário vocacional! É confortante saber que nunca estamos sozinhos. Acolhi o chamado da igreja para o ministério episcopal com a confiança no amor, na misericórdia e bondade de Deus que nunca me deixou sozinho, abracei esta missão com a certeza de que ele nunca me faltará”, disse Dom Eraldo.

O novo Bispo almeja contar sempre com o carinho, amizade e oração do povo de Barreiras. “Espero contar sempre com a amizade, carinho e oração do povo desta sempre querida diocese de Barreiras onde dediquei 27 anos de minha vida, sendo sete como seminarista e 20 como diácono e padre. Aqui foi uma verdadeira escola e sou muito grato. E a partir de agora contarei com uma nova escola, uma nova igreja que me acolherá em Patos”, concluiu Dom Eraldo.

Após a cerimônia todos os religiosos presentes e convidados foram recepcionados no espaço Le Rêve para um jantar de confraternização.


Compartilhe:

Comentários: