Oeste da Bahia ganha subcomitê de prevenção e combate a incêndios florestais

Texto: Cheilla Gobi

Fotos: Jayme Modesto

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, o governo da Bahia, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), lançou nesta quinta-feira (06), o segundo subcomitê de prevenção e combate a incêndios florestais, sendo o oeste a região contemplada, sendo o primeiro lançado no início do mês de maio na região da Chapada Diamantina.

O lançamento do segundo subcomitê, aconteceu na unidade da Universidade Federal da Bahia (Ufba) no município de Barreiras e a ação tem por finalidade antecipar e intensificar as ações de combate às queimadas. Coordenado pelo secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, o evento reuniu representantes dos municípios de Barreiras, São Desidério, Luís Eduardo Magalhães, Baianópolis, Santa Rita de Cássia, Formosa do Rio Preto e Correntina.

De acordo com Eugênio Spengler, não basta apenas formar o subcomitê, é preciso equipa-lo. O secretário frisou a importância de se instituir ações de prevenção. A ideia é que se crie também um núcleo coordenador. O secretário estadual esclareceu ainda que está sendo elaborada minuta de convênio para repasse de recursos às brigadas e às prefeituras. “Esse núcleo facilitará a comunicação entre os diversos atores sociais que estão na linha de frente do combate. Precisamos mobilizar as prefeituras, entidades para representar o subcomitê”.

Para o secretário do meio ambiente de Barreiras com o subcomitê, o trabalho será ainda mais intenso e eficiente. “Historicamente temos tido ocorrências anuais de incêndios florestais em que o controle não tem sido eficiente, e esse subcomitê vai organizar e gerenciar toda discussão pertinente a questões de incêndios florestais, principalmente na prevenção”.

Barreiras já conta com 29 brigadistas treinados, e um gerente pelo prevfogo, e durante esta semana do meio ambiente mais 21 voluntários estão recebendo treinamento, através de uma parceria da SEMA, INEMA, e corpo de Bombeiros.

A reuniu de trabalho está prevista para acontecer ainda este mês e terá de eleger um representante para fazer parte do comitê estadual. Eugênio sugere que seja da sociedade civil.  


Compartilhe:

Comentários: