Prefeitura de LEM recebe grupo de investidores europeus

???????????????????????????????
ASCOM LEM

O secretário Municipal de Governode Luís Eduardo Magalhães, Carlos Koch, e a chefe de gabinete, Rosa Stahlke,  receberam nesta quarta-feira (8) dois representantes do grupo Ponteaz, originário da Bélgica, Kurt Hameeuw e Nicolas Crutzen para uma conversa sobre possíveis investimentos na área de energia fotovoltaica no município. A dupla integra também a Câmara de Comércio do Brasil e Bélgica.

“A Europa vive um momento de expansão, regiões onde o mercado está saturado estão dando subsídios para investimentos em outros países, a exemplo do Brasil. Luís Eduardo Magalhães está em grande ascensão e está de braços abertos para organizações que pretendem desenvolver a cidade e região” observou o secretário de Governo Carlos Koch, ao dar as boas vindas aos investidores belgas.

A secretária de Indústria Comércio e Serviços do município, Rosangela Della Costa, que também participou da recepção, destacou a carência de industrias voltadas para o beneficiamento da fibra de algodão e a qualidade de energia que é fornecida para os empresários da região.” Nossa região possui muitas horas de sol durante o ano, este tipo de energia, a Fotovoltaica, pode ser uma alternativa sustentável, para sanar o problema que é a qualidade da energia fornecida atualmente” comentou.

De acordo com dados do Banco Central do Brasil, através do Investimento Externo Direto (IED), diversos setores no país receberam investimentos europeus, como energia elétrica, comércio varejista, produtos alimentícios, extração mineral, metalurgia, petróleo e gás, minerais não metálicos, seguros, metalurgia, farmacêutico, equipamentos de informática, educação e infraestrutura.

Regiões brasileiras que estão em fase de expansão ,tanto territorial como econômica, são bem vistas por investidores de outros países. Os Estados dão suportes e facilitam a instalação de fábricas, principalmente para beneficiamento de matéria prima e exportação.

Também participaram do encontro o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM), Carlinhos Pierozan, entre outros empresários locais, que na oportunidade, puderam expor diferentes pontos de vista sobre a realidade da região oeste.

Programa de autossuficiência energética – Encontra-se em fase de estudo a implantação de um programa de autossuficiência energética, a princípio em todos os prédios públicos municipais. A produção de energia fotovoltaica é uma boa opção de economia e auto sustento, sendo que a possuímos mais de três mil horas de sol por ano.


Compartilhe:

Comentários: