Programa Medcasa é lançado em Buritirama

Reinaldo Esteban

A Prefeitura de Buritirama, através da Secretaria Municipal de Saúde, em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores, no último dia 06, apresentou e discutiu entre os presentes o problema da aquisição de medicamentos e insumos da assistência farmacêutica. O financiamento do Componente Básico da Assistência Farmacêutica, de responsabilidade do Governo Federal é de apenas R$ 5,10 (cinco reais e dez centavos) por habitante/ano e do Governo do Estado é de apenas R$ 1,86 (um real e oitenta e seis centavos) por habitante/ano, o que já é uma grande evidência de que há uma escassez de recursos de financiamentos para a saúde pública.

Nesta ocasião lançou também o programa Medcasa, em parceria com o governo do Estado, que fornecerá medicamentos diretamente nas casas de portadores de Hipertensão e Diabetes que estejam com hipertensão e diabetes  sob controle, além de mulheres cadastradas no programa de Planejamento Familiar. O principal objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é a de garantir o acesso a medicamentos essenciais, bem como garantir acesso aos anticoncepcionais orais e preservativos do Programa de Planejamento Familiar.

O usuário que é hipertenso, diabético ou inserido no Programa de Planejamento Familiar deve se dirigir a Unidade Básica de Saúde para avaliação quanto aos critérios de inclusão que após a avaliação na própria unidade básica de saúde o usuário deverá ser cadastrado no programa Medcasa. A equipe da UBS cadastrará e acompanhará o paciente que a cada três meses receberá o medicamento em casa, mas, antes de completar esse período deverá avaliar a sua saúde, que possibilitará ou não, a continuidade do tratamento.

Foi efetuado um cadastramento simbólico para a utilização do programa Medcasa dentre os primeiros 50 usuários, e o mais importante, não haverá limites para cadastramento de usuários.

Além de um bom público, participaram do debate a Secretária de Saúde, Nádia Caitano, Maria Dourado representante dos usuários, Raimundo Nonato Jacobina conselheiro municipal de saúde, Marcio Rogerio farmacêutico da Atenção Básica, Irom Marques Secretário de Administração, representando o Prefeito Arival Viana, Patrícia Azevedo Diretora da Atenção Básica, Messias Ferreira representante dos Enfermeiros das UBS e os Vereadores, Antônio Ferreira, Elizangela Santos de Oliveira, Nairoldo de Almeida Santos, Edson Ramos da Costa.

É o Governo Ação e Justiça, melhorando a qualidade de vida dos pacientes, principalmente daqueles com dificuldade de locomoção, diminuindo assim os índices de abandono do tratamento.


Compartilhe:

Comentários: