Projeto que majora tarifas de ônibus coletivo está em tramitação na câmara

Texto e fotos: Jayme Modesto

Entrou em tramitação na câmara de vereadores de Barreiras, o projeto de lei 002/2013, do executivo municipal, que dispõem sobre a majoração das tarifas de ônibus coletivo no município, o projeto é polêmico e está encontrando grande resistência de boa parte dos parlamentares. Mas ao que tudo indica a população barreirense não tem para onde correr.

Se locomover em nossa São João das Barreiras é tarefa árdua e dispendiosa. O cidadão, que possui automóvel, paga altos valores nos combustíveis, talvez um dos mais caros do país, além do IPVA, seguro obrigatório, ainda trafega em vias esburacadas, mal conservadas e engarrafadas.  

Já aqueles que dependem do transporte coletivo se sujeitam as adversidades, ainda maiores. Andar de ônibus em Barreiras é humilhante. Veículos sucateados, sujos, lotados, horários irregulares, motoristas e cobradores despreparados para lidar com o púbico, esse é o retrato do transporte público de nossa cidade.

Dentro deste quadro, é impossível não citar o alto valor das passagens de ônibus. Os usuários que acham que pagam caro, pode se preparar. Porque, mesmo oferecendo um serviço de péssima qualidade, donos de empresas de transporte, querem que a passagem passe de R$ 1.80 para R$ 2.20.

O presidente da câmara Carlos Tito, promete discutir o projeto com mais profundidade, realizando inclusive uma audiência pública no dia 24 de abril, para discursão do assunto com a sociedade. Já o vereador Lucio Carlos, insiste no fato de que o executivo municipal promova uma licitação para a regulamentação do sistema. O departamento jurídico da câmara já se pronunciou, dando parecer contrário ao aumento das tarifas de ônibus.   

No meu conhecimento, não há no projeto nenhuma oferta de investimento e melhoria na qualidade dos serviços de transporte, que dê mais dignidade e respeito ao usuário. Só tendo um veículo próprio para não se sujeitar as subcondições.  Parece até que manter a situação caótica, torna a atividade mais lucrativa.


Compartilhe:

Comentários: