São Desidério é líder em produção agrícola

 

Texto: Diego Souza

Fotos: Rodney Martins

Distante há 860 quilômetros de Salvador, no extremo oeste baiano, São Desidério foi o município brasileiro com maior valor de produção agrícola em 2012, deixando para trás Sorriso (MT). O valor da produção em São Desidério atingiu R$ 2,33 bilhões, diante de R$ 2,07 bilhões na cidade mato-grossense.

As informações referem-se à safra de 2012, que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na pesquisa de Produção Agrícola Municipal (PAM), no polo baiano o valor chegou a R$ 2,3 bilhões, 35,2% mais que em 2011. A cidade foi responsável por 12,4% da colheita brasileira de algodão e por 48,9% da produção baiana. O município também foi no ano passado, o 11º no ranking nacional da soja.

Para o secretário municipal de Agricultura, José Marques, o município faz presente no ranking há muito tempo. “O carro-chefe é a produção de soja, mas, no currículo, a cidade já acumula títulos como o de maior produtora de grãos (soja e milho) do Norte-Nordeste, e o de maior produtora de algodão do país”, assegurou.

Ainda segundo o secretário de Agricultura, “58,3% da soja produzida no município é exportada para China, Alemanha, Japão, Espanha, Turquia e Tailândia. Antes de deixar o país, a maior parte dessa soja é transportada até o porto de Santos chegando a 88%”, falou.

Além da produção agrícola a prefeitura investe em manutenção e construção de estradas vicinais para a trafegabilidade e exportação de mercadorias. “Para facilitar o andamento de mercadoria dos produtores, a prefeitura sempre investiu nas estradas vicinais, nessa área onde tem a maior produção agrícola, estamos com mais de 90 km de estradas vicinais construídas. E toda essa conquista faz parte de bons investimentos e parcerias com os fazendeiros que estão sempre melhorando na qualidade de seus produtos”, disse o prefeito Demir Barbosa.



Compartilhe:

Comentários: