Superintendente da Caixa Econômica Federal ocupa Tribuna Popular da Câmara de Barreiras

IMG_5590texto

Ascom Câmara de Barreiras

Na sessão da última quarta-feira (17/06), a Caixa Econômica Federal ocupou a Tribuna Popular da Câmara de Vereadores, através de seu Superintendente em Barreiras, Senhor Walter Luiz Siqueira e do gerente da GIGOV o senhor Sílvio José Conceição, quando os mesmos proporcionaram importantes esclarecimentos sobre todo o aporte de relevantes recursos injetados pela Caixa Econômica Federal em Barreiras e na região oeste.

O superintendente detalhou os recursos disponibilizados e aplicados em Barreiras no ano de 2014, sendo: R$ 138.517.000,00 em Benefícios ao Trabalhador; R$ 28.963.000,00 em Benefícios Sociais; R$ 162.414.000,00 em Crédito Comercial e R$ 210.414.000,00 em Habitação, perfazendo um total de R$ 540.721.000,00.

Um dos programas de maior visibilidade e alcance social intermediado pela Caixa, o Minha Casa Minha Vida, (MCMV – FAR), segundo Walter Cerqueira, tem em andamento em Barreiras, a construção de 2.972 unidades habitacionais, tendo já entregue 742, com investimentos de R$ 209.020.313,94. O programa mantém no Oeste em andamento a construção de 1.776 unidades, tendo entregue 2.530, com investimentos de R$ 460.225.493,66. No total o programa entregará 8.020 unidades habitacionais em todo o Oeste.

Cerqueira ainda detalhou a quantidade de Operações Ativas por Fonte de Recursos e por Órgão Gestor, no Oeste e em Barreiras o que chamou a atenção pela quantidade significativa de operações no Oeste e o baixo índice das operações capitaneadas pelo município de Barreiras a exemplo do Ministério do Turismo com 30 Operações Ativas no Oeste da Bahia perfazendo investimentos na ordem de R$ 14.287.028,37 e nenhuma em Barreiras.

Após os convidados serem sabatinados pelos vereadores e vereadoras, o presidente da Câmara de Barreiras vereador Tito, agradeceu aos representantes da Caixa pelos oportunos esclarecimentos, pontuando que o que mais interessa a Câmara é exatamente conhecer a disponibilidade e funcionamento das concessões de recursos federais. Ressaltando que os empreendimentos do programa Minha Casa Minha Vida tem transformado a oferta de trabalho e renda no município com significativo impacto do ponto de vista social.

No Grande Expediente, usou da palavra o vereador Aguinaldo Júnior (PT do B), dizendo-se feliz pelas explanações obtidas na sessão e lamentar a ausência de alocação de recursos para Barreiras, especialmente na área do turismo.

Já Lúcio Carlos (SD), destacou que os investimentos apontados pela Caixa em Barreiras, nada tem haver com empenho da prefeitura pela ausência de competência na captação. O vereador voltou a cobrar providências da Prefeitura na regularização fundiária.

Por sua vez, Karlúcia Macêdo (PMDB), disse que há dinheiro disponível na Caixa mas faltam projetos tecnicamente competentes por parte da Prefeitura para acessar tais recursos.

O presidente Tito finalizou a sessão ressaltando a necessidade das Comissões Permanentes da Câmara em realizarem audiências públicas para tratarem dos mais diversos temas que afligem a população barreirense, especialmente quanto às áreas de saúde, educação e infraestrutura.

 

 


Compartilhe:

Comentários: