Tribuna Popular da Câmara abraça a 7ª Arte

ASCOM

Pf Vandré (1)

 

Na sessão da última quarta-feira (16/04), a Tribuna Popular da Câmara Municipal de Barreiras foi ocupada pelo professor Vandré Vilela e os acadêmicos do curso Superior de Tecnologia e Produção Audiovisual da FASB – Faculdade São Francisco de Barreiras.

Com as galerias da Câmara lotadas, incluída aí a presença de populares, autoridades, o Diretor Acadêmico da FASB professor Marden Lucena e do Diretor Presidente do IAES/FASB professor Tadeu Bergamo. O Professor Vandré e os acadêmicos expuseram detalhes característico do curso e da produção áudio visual, que culminou com a exibição de dois documentários produzidos pela turma.

As produções Ponte de Safena, que aborda a delicada situação do contorno viário de Barreiras, bem como das leis que regulamentaram a carga e descarga e o estacionamento de veículos pesados e Vira-latas Loucos, adaptando produção que tem a marca impactante de Quentin Jerome Tarantino, demostraram aos presentes a qualidade dos trabalhos produzidos além do empenho dos acadêmicos em realizá-los.

FASB-F

A exibição dos documentários ora apresentados, em especial o Ponte de Safena, demonstra claramente o alcance das leis que nós vereadores aprovamos nesta Casa, quer seja nos aspectos positivos, quer seja nos aspectos negativos”. Afirmou o presidente vereador Tito.

Em uma sessão de acalorados debates, os vereadores Otoniel Teixeira (PC do B) e Digão Sá (PP), apresentaram Projetos de Lei de combate ao nepotismo na administração pública municipal e incentivo fiscal às ações que valorizem o esporte e a cultura, respectivamente.

A Ordem do Dia revestiu-se de forte embate entre situação e oposição quando o plenário apreciou o PL 001 de 27 de Maio de 2013, que “Institui o Programa Municipal de Apoio e incentivo ao ingresso na Universidade, Escolas Técnicas ou Profissionalizantes – PROMUNI; revoga a lei nº 586/2013, de 03 de junho de 2003, e da outras providências”. Que restou aprovado em dois turnos de votação com os votos favoráveis dos vereadores Alcione Rodrigues, Aguinaldo Júnior, Beza, B. I., Célio Akama, Digão Sá, Otoniel Teixeira e Karlúcia Macêdo. Votaram contra ao PL do PROMUNI, os vereadores, Eurico Queiroz, Lúcio Carlos, Núbia Araújo, Hipólito dos Passos, Drª. Graça, Vivi Barbosa e Rui Mendes. Já os vereadores Gilson Rodrigues e Marileide Carvalho se abstiveram de votar.

Ao finalizar os trabalhos, o presidente Tito congratulou-se com os acadêmicos da FASB, com os diretores e o professor Vandré pelo brilhante trabalho que coloca Barreiras na rota da produção cinematográfica.


Compartilhe:

Comentários: