Umob recebe Bahia Pesca a agenda seminário para mês de agosto

ASCOM

Durante a Bahia Farm Show 2013 o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz, na qualidade de presidente da União dos Municípios da Bahia (Umob) conversou com o presidente do Bahia Pesca, Cassio Peixoto e sugeriu uma programação para dar assistência aos municípios, no que diz respeito a geração de renda e movimentação econômica regional, através da implantação de projetos de piscicultura na região oeste.

Atendendo ao pedido da Umob, a Bahia Pesca (Secretaria Estadual de Agricultura) enviou um representante Jackson Ornelas, que na quinta-feira, 11, visitou a sede da Umob em Barreiras e participou da reunião com os prefeitos.

Na oportunidade, Ornelas, além de divulgar ações do órgão no estado apresentou as linhas geras de um seminário que será realizado no mês de agosto na região oeste. “O evento é uma maneira de divulgar o que de fato a Bahia Pesca realiza com projetos de aqüicultura e como segmento econômico relevante na Bahia”, disse Ornelas.

Jackson afirmou que está aumentando o numero de criação de pescados no estado. “A China detém atualmente metade da produção mundial, a India consome 15% e o Brasil está em 12º lugar com 0,87% da produção de pescado do mundo inteiro”. Inicialmente a Bahia Pesca se limitava a região litorânea, atualmente pretende implantar projetos na região oeste, e por isso da realização do seminário.O objetivo é criar demandas de acordo com a realidade do oeste e alavancar esse nicho de mercado.

 A Bahia Pesca está organizando uma rede de assistência técnica. O município que tem vocação, disposição e condição para explorar a Piscicultura, recebera total apoio do governo estadual. O seminário abordará questões como técnicas de aquicultura, produções de rações, criação de diferentes espécies de peixes, beneficiamento de pescados e suporte para escoar a produção do material produzido.

 “Essa é mais uma oportunidade que a Umob oferece aos seus munícipes. Luis Eduardo Magalhães, já conseguiu recursos para construção de um frigorífico e uma fábrica de ração. A ideia é justamente ampliar e trabalhar de maneira modular e a medida que os projetos mostrarem resultados, investir no consumo interno e na exportação da produção”, comentou o presidente Humberto.

A orientação é que os prefeitos iniciem o trabalho de identificação das necessidades de cada município para serem discutidos neste seminário. Jackson Ornelas divulgou que a Bahia Pesca irá implantar um escritório na região para melhor atender essa fase de ascensão da aquicultura no oeste baiano.


Compartilhe:

Comentários: