Vereadores aprovam reeleição para presidente da Câmara de Barreiras

Ascom

tee

Nesta terça-feira (01/07) em uma sessão histórica, a Câmara debateu e votou inúmeros projetos de grande relevância para a sociedade barreirense, com significativos debates sobre a reeleição para presidente da Casa proposta pelos vereadores.

O vereador Aguinaldo Júnior (PT do B), ao usar da palavra pediu o apoio dos seus pares e a sensibilidade da prefeitura na instalação de um Posto Policial no povoado do Mucambo, segundo o vereador, a violência que tem se abatido sobre aquela comunidade se dá em grande parte pela ausência de policiamento.

O vereador Digão Sá (PP), reforçou o pedido do colega Aguinaldo, pontuando que a violência tem ceifado a vida de pessoas queridas e que providências precisam ser tomadas, o vereador ainda destacou a brilhante ação de solidariedade planejada pelos membros do grupo Senadinho em apoio aos romeiros do Senhor dos Aflitos na madrugada do dia 02 de julho.

O vereador Gilson Rodrigues (PROS), usando da tribuna, disse estar participando de uma sessão histórica para o legislativo barreirense, segundo o camarista o projeto de reeleição pautado na ordem do dia e que contará com o seu voto favorável é fruto da brilhante engenhosidade e sabedoria política do presidente Tito. “Espero poder contar para meus netos senhor presidente, como um único vereador sem mais colegas de partido, consolidou um grupo político, criou as condições de sua eleição, e foi notavelmente habilidoso para criar as condições de aprovar neste parlamento a reeleição para presidente do Poder Legislativo e julgar pela competência do seu trabalho tendo todas as condições de se reeleger presidente. A partir desta data Vossa Excelência escreve seu nome entre os grandes líderes políticos de nossa cidade” disse.

Ao usar da palavra, a vereadora Karlúcia Macêdo (PMDB), destacou a importância do seu projeto “de olho em Barreiras” como forma auxiliar de enfrentamento a violência no município.

O vereador e vice-presidente da Casa Eurico Queiroz (PPS), destacou a importância da necessidade de uma relação harmônica entre Executivo e Legislativo, para os avanços na gestão da cidade, pontuou a importância da aprovação do projeto de lei 008/2014, e se declarou favorável à reeleição para presidente da Câmara.

Em seguida fez uso da palavra a vereadora Marileide Carvalho (PSL), que disse ser contrária a reeleição para presidente, por ser convictamente contrária ao instituto da reeleição em qualquer situação.

Passado a ordem do dia, diversos projetos foram aprovados, entre eles a Emenda Nº 002/2014 à Lei Orgânica Municipal que contou com um único voto contrário da vereadora Marileide Carvalho, bem como o Projeto de Resolução Nº 002/2014, de 30 de janeiro de 2014, aprovado por todos os vereadores, ambos os projetos inserem o instituto da reeleição para presidente da Câmara na Lei Orgânica e no Regimento Interno, respectivamente.

Não participaram da votação o vereador Carlão (PSD) em viagem de tratamento de saúde, e o presidente Tito que apenas exerce o voto de qualidade em critério de desempate.


Compartilhe:

Comentários: