11 mil já correram para quitar o IPVA

Cerca de 11,1 mil contribuintes notificados pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) já quitaram seus débitos com o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em novembro, o que gerou uma arrecadação de R$ 12,7 milhões em sete dias úteis. Os números já superam o desempenho registrado em todo o mês de outubro, o que evidencia o impacto da realização das blitze conjuntas para identificação dos contribuintes em débito, envolvendo a Sefaz, o Detran, a Polícia Militar e a Transalvador.

A arrecadação nesses primeiros dias do mês é 32% maior do que o total de R$ 9,6 milhões registrado em outubro. O número de contribuintes com débitos quitados já traz incremento da mesma ordem: 34,3%, visto que, no mês passado inteiro, o número total chegou a 8,2 mil. As blitze acontecem, por enquanto, apenas em Salvador, mas a previsão é que se estenderão também para o interior do estado.

Terceira blitz

Nessa terça-feira (12), foi realizada a terceira blitz do IPVA, nas proximidades do Dique do Tororó, das 9h às 11h. Na ocasião, foram abordados 75 veículos, sendo que 25 foram notificados por irregularidades na documentação (falta de pagamento do imposto ou do licenciamento) e 14 levados para o pátio da Transalvador porque os proprietários não efetuaram o pagamento até o encerramento da operação. Até o final da semana, a previsão é de que sejam realizadas mais duas blitze.

Para verificar se o seu veículo está notificado e se antecipar à possibilidade da abordagem, o contribuinte deve acessar www.sefaz. ba.gov.br, no link “Inspetoria Eletrônica – IPVA – Contribuintes Notificados”, e digitar o CPF, CNPJ ou o Renavam. Caso o veículo esteja notificado no sistema da Sefaz, o pagamento poderá ser feito com procedimento parecido: link “Inspetoria Eletrônica – IPVA”. Depois, deve clicar em “DAE para pagamento – Exercícios notificados”. Em caso de dúvida, o cidadão pode entrar em contato com o call center, pelo 0800 071 0071.

Fonte: Tribuna da Bahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: