ACM Neto promete hospital veterinário

O prefeito ACM Neto e o vereador Marcell Moraes (PV) participaram de encontro, anteontem à noite, com protetores voluntários, ONGs e entidades ligadas à causa animal. Com um filhote de cão no colo, o gestor do município anunciou, no Centro Cultural da Câmara, que o pedido do vereador de implantar o Hospital Veterinário já entrou no planejamento estratégico da Prefeitura de Salvador. Anfitrião do evento, Marcell voltou a ressaltar a importância do envolvimento do poder público com as entidades protetoras dos animais. “Estamos dando passos firmes na efetivação de políticas públicas para a nossa causa. O prefeito tem se mostrado sensível às nossas reivindicações e no que depender da minha luta, a causa animal ganhará cada vez mais força”, reforça Moraes.

De acordo com a estimativa do prefeito ACM Neto, a partir de 2014 o Hospital Veterinário começará a ser implantado. “Esse é um dos sonhos maiores da causa e já está no planejamento. Vamos tirar esse projeto do papel”, disse Neto, que também prestou conta ao vereador das ações já realizadas pela prefeitura.

Segundo os dados da prefeitura, estão sendo feitas, em média, cerca de 790 castrações por mês, 500 a mais do que se realizava no mandato anterior. Além disso, a Secretaria de Saúde vai lançar edital para implantar o “Castramóvel”, através de ônibus.s personalizado que vai percorrer os bairros de Salvador e realizar os procedimentos de castração, atuando no controle populacional dos animais.

O projeto, de autoria de Marcell Moraes, que trata sobre a venda de animais em pet shops de Salvador, também esteve em pauta no encontro. O prefeito disse que a intenção seria sancionar o projeto integralmente, como foi apresentado pelo vereador e aprovado pela Câmara. Porém, de acordo com ACM Neto, algumas restrições jurídicas o forçaram a propor algumas alterações.

“Meu desejo era sancionar como Marcell enviou, mas, juntamente com ele, estamos elaborando um novo projeto para regulamentar a venda de animais, pois não é justo vender uma vida sem que ela seja preservada. Vou enviar para a Câmara, em regime de urgência, e até setembro devo sancioná-lo para que ainda neste segundo semestre a primeira vitória da causa animal seja uma realidade em Salvador”, declarou ACM Neto.

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: