Alimentos impróprios para consumo são apreendidos em Juiz de Fora

IMA apreendeu banana, queijo minas frescal e pescado.
SAU também recolheu queijo minas frescal vendido sem procedência.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) apreendeu nesta segunda-feira (21) em Juiz de Fora 500 quilos de banana, que não foram devidamente inspecionados pelo órgão, e 29 formas de queijo minas frescal sem procedência, que estavam em um veículo com placa de Piau, Zona da Mata.

De acordo com o IMA, como a mercadoria estava irregular, não foi possível fazer a doação dos alimentos. Os fiscais também apreenderam 15 quilos de pescado, procedentes de Matias Barbosa, Zona da Mata. A empresa não apresentou registro para vender os produtos em outra cidade, além disso o pescado não estava sob refrigeração adequada. Os comerciantes receberam o auto de apreensão e infração.

No último sábado (19), o Departamento de Fiscalização da Secretaria de Atividades Urbanas (SAU) de Juiz de Fora apreendeu cerca de 70 quilos de queijo minas frescal vendidos sem procedência no Bairro Santa Cruz. Os fiscais chegaram ao local após denúncia da Polícia Militar.

Os produtos foram encaminhados para o Aterro Sanitário de Dias Tavares.

Fonte: G1

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: