Alugar imóvel fica 20% mais barato

A desaceleração da  economia  tem influenciado o mercado de aluguel de imóveis de Salvador. A informação é do vice-presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis, Creci, e também administrador de imóveis, José Alberto de Vasconcellos. “Atualmente há mais oferta que mercado. As salas comerciais, por exemplo, tiveram queda de 20% no valor do aluguel”, declara.

Ele diz que uma situação que impactou no mercado foi a construção de mega empreendimentos comerciais na região do Iguatemi e Avenida Tancredo Neves. “O valor do metro quadrado em salas comerciais já chegou a ser alugado a R$ 60,00 e hoje não passa de R$ 45,00. Estamos falando de área nobre da cidade. Já a Avenida Sete e a região do Comércio, por exemplo, também sofreram impactos e retração, sendo hoje o valor do aluguel negociado a R$ 16 o metro quadrado”, diz.

Vasconcellos avalia que se as obras de revitalização do Comércio deslanchassem os impactos seriam positivos para o mercado imobiliário. “Dotando aquela região de uma melhor infraestrutura com certeza haveria uma valorização no valor dos imóveis comerciais superior a 50%. Isso se repercutiria em ganhos para todos e principalmente para aquela área”, cita.

Ele ainda faz uma observação no tocante aos imóveis residenciais, que segundo ele, também estão sofrendo certa desvalorização no mercado de locação. “Imóveis de dois quartos continuam sendo muito procurados, mas os de três e quatro quartos identificamos mais oferta que procura. Eles estão sobrando no mercado. Diminuiu o número de executivos aportando em Salvador e buscando um imóvel para morar. O valor do metro quadrado para moradia caiu de R$20,00 para R$ 15,00”, pontua e acrescenta: “É necessário destacar que os valores que compõem um aluguel levam em conta o estado físico do imóvel, a conservação, a infraestrutura interna e a localização, dentre outros aspectos”.

O vice-presidente do Creci cita como exemplo um imóvel de 80 metros quadrados na área da Pituba que antes era alugado a R$ 1.500,00 e agora R$ 1.200,00. “No bairro do Cabula também registramos queda. Um imóvel nas mesmas proporções antes era alugado a R$ 1.200,00 e hoje a R$ 1 mil”, ressalta.

Fonte: Tribuna da Bahia

Imagem: Ilustração


Compartilhe:

Comentários: