Arena Fonte Nova cancela shows após publicação de nova decisão judicial

Os clientes que já efetuaram as compras dos ingressos terão os valores reembolsados

A concessionária responsável pela gestão da Arena Fonte Nova, Fonte Nova Negócios e Participações S.A (FNP), informou, através de nota oficial, que os shows das bandas Skank e Sinara não vão acontecer na Arena no sábado (16) por conta de uma nova decisão judicial publicada nesta segunda-feira (11).

Os clientes que já compraram os ingressos para os shows terão o valor reembolsado. Para quem comprou através do call center e da internet, o valor será estornado pela empresa Ingresso Rápido. Quem efetuou compras nos pontos de vendas dos shoppings, deverá comparecer ao local portando o(s) ingresso(s).

Conforme decisão do Juiz Mário Soares Caymmi Gomes, da 8ª Vara da Fazenda Pública, “até que haja a produção de laudo técnico da Sucom, provando que a Arena Fonte Nova pode acomodar evento não esportivo respeitando os limites previstos em lei para ruído, nenhum uso para evento não esportivo pode ser feito no local”.

Na última sexta-feira (8), o consórcio que administra a Arena Fonte Nova conseguiu ma liminar para liberação judicial dos eventos não-esportivos que estavam programados para acontecer no local. Assinada pelo juiz Mario Albiani Alves Junior, a liminar teve efeito suspensivo que anulou a primeira decisão do juiz Mário Soares Caymmi Gomes, titular da 8ª Vara de Fazenda Pública de Salvador.

Na liminar, o juiz Alves Junior alega que não havia restrição do Tribunal de Justiça que impedia o consórcio de promover shows no estádio, desde que respeitando a legislação municipal de 1998, além de justificar que a decisão geraria um “grave e irremediável prejuízo financeiro, bem como à imagem da agravante”, uma vez que a estrutura de organização do evento cancelado já se encontrar pronta.

Fonte: Correio da Bahia


Compartilhe:

Comentários: