Beneficiários do Bolsa Família fazem fila para garantir o recadastramento

Em alguns lugares, confusão é grandeO Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), através de carta ou aviso nos extratos de pagamento do benefício, está comunicando aos 32 mil beneficiários do Programa Bolsa Família, que eles têm até o dia 12 de dezembro para realizar o recadastramento ou poderão ficar o mês de janeiro sem receber a verba. Por conta disso, grandes filas estão sendo formadas nas unidades de atendimento do Centro de Informação e Assistência Social (Cias).

As unidades de atendimento do Cias estão localizadas no Comércio, Instituto Municipal de Educação Prof. José Arapiraca, na Boca do Rio, Núcleo de Atendimento Judiciários (NAJ) do Shopping Baixa dos Sapateiros, e sede do Instituto da Previdência do Salvador (Previs), situada na Avenida Joana Angélica. O atendimento é por ordem de chegada e as fichas começam ser distribuídas a partir das 7h, mas desde às 4h da manhã já há pessoas em frente ao Previs, é o que informa um dos funcionários estabelecimento.

“A fila chega a dar voltas aqui. As pessoas começam a chegar por volta das quatro, cinco horas da manhã. Chegam a acontecer brigas porque algumas pessoas querem furar a fila e passar na frente”,  informou Rubimario Nascimento. O funcionário do Previs aproveitou para chamar à atenção quanto ao atendimento. “As pessoas ficam na fila sem cobertura alguma, faça chuva ou faça sol. Para serem atendidas, elas têm que passar por uma escada, e os deficientes físicos sofrem com isso. Eles são atendidos fora do local de atendimento. Isso quando conseguem ser atendidos”, relatou Rubimario.

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), alerta que não haverá prorrogação e que o recadastramento é obrigatório para todas as famílias que estão há dois anos sem atualizar o cadastro.

Os beneficiários do programa que não realizarem o procedimento no prazo terão o benefício bloqueado e não irão receber o pagamento em janeiro. Quem perder esse primeiro prazo terá ainda até o dia 14 de fevereiro para refazer o recadastramento, evitando o cancelamento do benefício por parte do MDS. É necessário apresentar os documentos de identidade pessoal do responsável e das demais pessoas da família, comprovante de residência e a carta do MDS.

Fonte: Tribuna da Bahia


Compartilhe:

Comentários: